X
X

Diário da Região

07/04/2016 - 00h00min

FESTIVAL

Abre uma gelada para acompanhar

FESTIVAL

Divulgação Para os veteranos, como o bicampeão Vila Aurora, o Comida di Buteco estimula a criação de novos pratos e ajuda na construção de sua identidade. Nesta edição, o bar participa do concurso com o prato Colherada de Costela e sonha alto: além de vencer pela terceira vez na cidade, espera competir pelo título de melhor do Brasil
Para os veteranos, como o bicampeão Vila Aurora, o Comida di Buteco estimula a criação de novos pratos e ajuda na construção de sua identidade. Nesta edição, o bar participa do concurso com o prato Colherada de Costela e sonha alto: além de vencer pela terceira vez na cidade, espera competir pelo título de melhor do Brasil

Rio Preto participa pelo sétimo ano consecutivo do Comida di Buteco, concurso nacional que busca resgatar e estimular a cozinha de raiz. Neste ano, os 20 concorrentes rio-pretenses têm um motivo a mais para entrar de cabeça nesta saborosa disputa. Pela primeira vez na história do concurso será eleito o melhor boteco do Brasil. Em Rio Preto, o Comida di Buteco terá início no próximo dia 15 (sexta-feira). 

O público terá até o dia 8 de maio para visitar os estabelecimentos participantes, saborear seus pratos e dar sua nota. Os botecos também receberão a visita dos jurados desta edição, que, assim como o público em geral, vão avaliar os seguintes critérios: petisco, higiene, atendimento e temperatura da bebida. Para os veteranos do Comida di Buteco, o concurso representa uma excelente vitrine para a divulgação do estabelecimento, além de estimular a criação de novos pratos e ajudar na construção de sua identidade. 

“O concurso gera uma exposição muito positiva, pois mexe com a curiosidade das pessoas”, comenta Miriã Moreira, sócia do Vila Aurora, que já venceu duas edições do Comida di Buteco em Rio Preto. O bicampeonato é um estímulo a mais para o Vila Aurora, que não quer apenas conquistar o título de melhor bar da cidade, mas também o de melhor do País. Os bares vencedores nas 20 cidades onde o Comida di Buteco é realizado participarão da eleição do melhor boteco do Brasil, que será feita por um júri especializado.

 

Prato Mistura Mix, do Mistura Fina - 07042016 Prato Mistura Mix, do Mistura Fina: concurso impulsionou o bar

Nesta edição, o Vila Aurora participa do concurso com o prato Colherada de Costela. “A costela é um dos pratos mais prestigiados da casa. Criamos um escondidinho para comer de colher, um prato que tem cara de boteco”, avisa Miriã. Para o casal Michelle e Jean de Nolla, o Comida di Buteco foi decisivo na fixação do nome de seu bar, o Mistura Fina, junto ao público rio-pretense.

“O concurso é um desafio para a inovação”, aponta Michelle. “Também ajuda a desmistificar a imagem do boteco como um lugar frequentado apenas por homens”, reforça. Depois de conquistar o terceiro lugar no ano passado, o bar Mistura Fina aposta em 2016 no prato Mistura Mix: tiras de picanha com champignons, queijo meia cura e molho barbecue. Neste ano, três estabelecimentos estreiam no Comida di Buteco rio-pretense. Entre eles está o bar Academia do Espeto, criado há nove meses por Diego Buzzo. 

“Sempre frequentei botecos que participam do concurso. Quando deixei o ramo de segurança em eventos para abrir o bar, logo pensei no Comida di Buteco”, comenta Buzzo, que criou a Kafta para Malhar para participar da disputa. O prato consiste numa kafta aberta com creme cheese, alho frito e queijo gratinado. Como acompanhamento, batatas à dôre na manteiga. O Sob Nova Direção Snooker Bar volta a participar depois de marcar presença na edição 2012. 

 

Kafta, da Academia do Espeto - 07042016 Estreante, Academia do Espeto criou petisco à base de kafta

“Naquela época, o bar ainda estava se estruturando. Voltei neste ano com o pique renovado”, declara Douglas Domiciano Silva, que entra na disputa com seus bombons de abóbora. Os bombons do Sob Nova Direção são bolinhos com massa de cambotiá recheados com requeijão e muçarela. “Eles são empanados, apresentando uma casquinha bem crocante e um recheio bem macio”, explica.

Serviço

 

 

Estabelecimentos com cara do dono

Os botecos selecionados para participar do Comida di Buteco são aqueles classificados como ‘espontâneos’, ou seja, é a família que está à frente do negócio. O bar participante não pode fazer parte de uma rede de franquias. Para a organização do concurso, o bar que entra na disputa tem que ter a cara de seu dono, que está ali presente todos os dias, em contato direto com a clientela. Criado em 2000, em Belo Horizonte (MG), o Comida di Buteco vem ano a ano ganhando relevância na cena nacional. 

Hoje, está presente em todas as regiões do Brasil, sendo realizado em 20 cidades e envolvendo cerca de 500 estabelecimentos. A grande conquista do concurso é a contribuição na divulgação do boteco como um ícone da cultura regional e do turismo, ou seja, um comércio que oferece produtos e serviços de qualidade, com identidade e sem o tom pejorativo atribuído a ele no passado. 

Botecos concorrentes

7 Copas

  • Prato: Frango do Jak
  • Rua Pedro Amaral, 1.141

A Hora do Espeto

  • Prato: O Gato da Madame
  • Av. Juscelino K. Oliveira, 875

Academia do Espeto

  • Prato: Kafta para Malhar
  • Rua Molina Quartim, 13

Aquiles Sashimi

  • Prato: Trouxinha de Peixe
  • Rua Portugal, 856

Bar do Ceará

  • Prato: Almôndega Casa do Norte
  • Rua Amilde Tedeschi, 531

Bar do Magrão

  • Prato: Casquinha de Siri do Magrão
  • Rua Antônio Fuscaldo, 80

Buteko Tio Carrasco

  • Prato: Surpresitos
  • Av. Brasilusa, 732 A

Chibiu Butiquim

  • Prato: Disquinho de Carne
  • Av. Constituição, 1.327

Clube da Esquina

  • Prato: Tudo di Bom Moção
  • Rua Amaro Duarte da Silva, 2.950

Confraria do Espeto

  • Prato: Bolinho de Calabreijo
  • Rua Marechal Deodoro, 3.829

Costelaria e Cia. do Espeto

  • Prato: Lanche do Chefe
  • Rua Santa Maria, 649

Gambofá

  • Prato: Filé Mignon Suíno Crocante
  • Rua Santa Maria, 559

Imperial Butiquim

  • Prato: Espeto da Majestade
  • Rua Cel. Spínola de Castro, 4.713

Mistura Fina

  • Prato: Mistura Mix
  • Rua Jamil Kfouri, 555

Porpeta Butiquim

  • Prato: Quarteto do Rei
  • Rua Felipe Abrão Maluf, 357

Rancho Sul Pestiscaria

  • Prato: Croquete de Codorna
  • Rua São Paulo, 987

Rei da Asa

  • Prato: Quitute do Asa
  • Rua José Caetano de Freitas, 199

Sob Nova Direção Snooker Bar

  • Prato: Bombom de Abóbora
  • Rua Otávio Pinto César, 1.325 B

Taberna Canova

  • Prato: Feijolinho
  • Rua Conselheiro Saraiva, 809

Vila Aurora Bar

  • Prato: Colherada de Costela
  • Rua Aristides Serpa, 5

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso