X
X

Diário da Região

25/04/2016 - 19h46min

Comportamento

Eternos Começos

Comportamento

Stock Images/Divulgação NULL
NULL

Quantas vezes nos vemos obrigados a dar um 'start' em algo novo? Pode ser trabalho, carreira, amigos, família, relacionamento (até com a mesma pessoa, mas de forma diferente). E quantas vezes sentimos medo? E quantas outras ficamos à espera de um sinal? Que por milagre algo aconteça e nos direcione ou até mesmo nos aponte o caminho a seguir? Seria mais fácil. Mas dificilmente a vida é fácil. Então, em vez de ficar esperando por uma solução divina, que tal usar qualquer oportunidade para sair da inércia?

"Sair da nossa zona de conforto, onde tudo é conhecido e os velhos hábitos e padrões dominam, é complicado. É preciso coragem e uma boa dose de ousadia", diz João Alexandre Borba, psicólogo, do Rio de Janeiro. Breno Rosostolato, psicólogo clínico e professor da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, explica que é normal sentirmos medo quando temos de começar. E que, em vez de sentir vergonha ou tentar eliminar tal sentimento, devemos utilizá-lo a nosso favor.

"O medo não é seu inimigo, aprenda a conviver com ele. É um erro não se apropriar deste sentimento e utilizá-lo a nosso favor. Nos deixamos envolver pelo medo, ao passo que devemos compreendê-lo, analisá-lo e respeitá-lo. É o medo que nos faz rever conceitos e posicionamentos. Propicia-nos a reflexão necessária. Nos ajuda elabora e buscar outras estratégias para vencê-lo", diz.

Segundo Rosostolato, seria simplório considerar apenas os fatos e não refletir sobre as referências evocadas pela pessoa para começar algo. "Começar é acreditar que aquilo vai dar certo e fazer dar certo. Requer investimento e entrega. Entregar-se é o verdadeiro sentido em amar algo ou alguém e é este amor que é o princípio do começo. Eu só começo algo em que minimamente acredito. O sucesso é consequência de vários fatores, mas para tal é necessário um começo. Começar um projeto de vida é excelente e necessário. A busca pela felicidade é nosso principal combustível. O grande mal é acreditar na eternidade", alerta. 

Para Alexandre Borba, começar envolve saber objetivos e metas que desejamos alcançar e buscar. "Sair do lugar, dar o primeiro passo é essencial, mas sem saber a direção permanecemos rodando em círculos e, dependendo da crença do indivíduo, ele passa a buscar sinais. Muitos começam grandes jornadas depois de terem tido sonhos ou observado grandes 'coincidências' em suas vidas. Entretanto, nada disso tem efeito se o sujeito não dá o bom e velho primeiro passo", argumenta. 

As perguntas certas

Para sair do lugar e alcançar seu objetivo, algumas perguntas são fundamentais: qual meu objetivo? Onde quero chegar com ele? O que estou buscando? O que isso irá acrescentar em minha vida? Sendo capaz de responder a essas perguntas, os medos diminuem e começar passa a ser fundamental. "A melhor pergunta a se fazer, e que ajuda a visualizar um caminho, é: qual meu projeto de vida? 

O ser humano, quando olha para si, percebe sua procura e seu paradoxo. Meu projeto de vida me realiza enquanto humano? Consagra e enaltece minha felicidade?", questiona Breno Rosostolato, que cita o padre e educador sexual Ronaldo Zacharias: "Um projeto de vida que tenha o amor como seu significado mais profundo". "Eu só acrescentaria um detalhe: coragem é fundamental para começar", reforça o psicólogo clínico. 

Ao longo da vida, estamos sempre recomeçando e mergulhando em novas fases. "Foi assim da infância para adolescência e desta para a fase adulta. A vida é cheia de eternos começos, de uma eterna movimentação. A estagnação é a morte. Recomeçar sempre é bom e saudável", garante João Alexandre Borba. 

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso