X
X

Diário da Região

25/04/2016 - 19h58min

Pet

Comida de verdade

Pet

Su Santos Fotografia/Divulgação NULL
NULL

A alimentação saudável, conhecida como fit, livre de aditivos químicos, como conservantes e corantes, faz um bem danado para os animais de estimação. As propriedades nutritivas do arroz integral, por exemplo, são maiores se comparadas ao arroz branco, que, durante o processamento, perde parte de seus nutrientes. Além de ser rico em vitaminas, minerais, fibras, o alimento aumenta a saciedade e apresenta índice glicêmico menor. 

"A liberação de glicose na corrente sanguínea ocorre gradualmente, mantendo equilibrados os níveis de insulina no sangue (hormônio responsável pela entrada de glicose nas células e que desempenha importante papel no metabolismo das gorduras)", diz a veterinária Mallize Fonseca, especialista em nutrologia e dermatologia, e parceira Broto Legal. Ela afirma que, apesar de os cachorros serem animais de origem carnívora, com o processo de domesticação eles se aproximaram dos hábitos alimentares dos humanos e adaptaram a consumir frutas, legumes, vegetais e cereais como parte de sua dieta.

Mallize afirma, no entanto, que alimentação natural não é a mesma coisa que dar restos de comida e muito menos dar a mesma comida temperada como a dos seres humanos. "A dieta com alimentação caseira deve ser elaborada por veterinário capacitado na área da nutrologia/nutrição. O plano alimentar é feito individualmente, de acordo com as necessidades energéticas, idade, presença de enfermidade, entre outras condições. A quantidade diária a ser fornecida e a proporção entre proteína, carboidrato e gordura devem ser calculadas para que não ocorram carências nutricionais ou excessos, assim como a suplementação com vitaminas e minerais e nutracêuticos", alerta.

 

Cachorro Filó, uma vira-lata - 26042016 Filó, uma vira-lata de 13 anos, mudou a alimentação por indicação de sua veterinária após o diagnóstico de problemas na pele

Ingredientes básicos

  • As carnes mais indicadas para a preparação das refeições são a bovina, de cordeiro e de frango. A carne de peixe também pode ser oferecida ocasionalmente, mas com menor frequência e quantidade
  • Os vegetais representam cerca de 1/4 da refeição que deve ser oferecida aos cães e são responsáveis por fornecer vitaminas, fibras e minerais. O mais indicado é oferecer esses alimentos levemente cozidos, preferencialmente no vapor, para que esses nutrientes sejam bem absorvidos. Os legumes mais indicados 
  • são abóbora (moranga), abóbora paulista, cenoura, abobrinha, brócolis, couve-flor, ervilha, batata-doce, couve-de-bruxelas, couve e feijão-verde

 Fonte: www.cachorropodecomer.com

Alerta

Alguns temperos não devem ser usados na alimentação dos animais. Veja quais são e porque:

  • Cebola - ela tem uma substância chamada n-propil disulfito, que pode ocasionar anemia nos cães; em gatos o risco é maior ainda. A quantidade em si não se sabe, pois alguns cães são mais sensíveis que outros. Por isso não é indicado oferecer cebola nem alimentos temperados à base dela
  • Alho - o perigo é menor do que a cebola, mas existe. Alguns estudos dizem que o cão tem de ingerir grandes quantidades de alho para se intoxicar e apresentar anemia. Refogar o arroz em pequenas quantidades não traria problemas, mas como cada animal apresenta uma resposta diferente do outro, é melhor evitar

 Fonte: Mallize Fonseca, veterinária 

Na onda 'Fit'

  • A empresa Le Dog Cookies desenvolveu uma linha de cookies integrais e saudáveis para cães que usa só comida de verdade, sem aditivos químicos. Os sabores são abóbora, banana, aveia e mel, milho e queijo, amendoim e carne
  • O site Fit pra cachorro (www.fitpracachorro.com.br) incentiva a alimentação 100% natural dos animais com refeições ricas em nutrientes. As dicas de pratos trazem ingredientes como batata doce, arroz integral, carne bovina, abóbora, couve-flor, fígado bovino, farinha de cascas de ovos, gengibre, entre outros

 

Bolinho funcional de arroz e cenoura - 26042016

Bolinho funcional de arroz e cenoura

Ingredientes

  • 4 colheres de arroz integral cozido
  • 1 ovo
  • 1 cenoura cozida (média)
  • 1 colher de chá de azeite extra virgem ou óleo de coco
  • 1 pitada de sal marinho
  • Farinha de arroz integral ou farinha de amaranto para dar liga (média duas colheres sopa)

 Modo de preparo

  • Com um mixer ou um garfo amasse bem o arroz, junte o ovo, azeite e o sal e bata bem durante 2 minutos. Após junte a cenoura cozida cortada em cubos e bata novamente até obter uma massa homogênea. Acrescente um punhadinho de salsinha ou manjericão para dar sabor. Vá juntando a farinha aos poucos e amassando até a massa ficar a ponto de modelar, não precisa desgrudar das mãos ao ponto de biscoito para que não fique muito seca. Leve ao forno durante 20 a 25 minutos. Rende cerca de seis porções. Espere esfriar e estar pronto para servir. Conservar em geladeira por ser tratar de alimento natural.

 Fonte: Broto Legal, www.brotolegal.com.br

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso