X
X

Diário da Região

16/11/2016 - 00h00min

ERUDITO

Camerata Jovem Beethoven se apresenta no Municipal

ERUDITO

Johnny Torres/Arquivo Apresentação da Camerata no Riopreto Shopping. Projeto atende mais de 300 alunos em cinco unidades em Rio Preto
Apresentação da Camerata no Riopreto Shopping. Projeto atende mais de 300 alunos em cinco unidades em Rio Preto

Projeto responsável pela formação da nova geração de músicos de Rio Preto, a Camerata Jovem Beethoven faz um concerto na noite desta quarta-feira, 16, no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto, em prol do Lar de Betânia. O concerto envolve duas turmas de instrumentos musicais do projeto, regidas pelos músicos e educadores André Vernino, italiano radicado em Rio Preto, e Alan Michel. A apresentação também marca a estreia do Coral Villa-Lobos, que é formado por alunos do projeto, além de seus familiares e amigos.

“O coral nasceu com o propósito de ser uma atividade complementar dentro do projeto, envolvendo não apenas as crianças e os jovens, mas também seus pais e amigos”, explica a educadora Mayara Martinelli, responsável pelas aulas de canto coral da Camerata Jovem Beethoven. Segundo ela, o coral participará de apenas uma canção que integra o programa do concerto beneficente: a 9ª Sinfonia, de Ludwig van Beethoven.

“O coral ainda está sendo estruturado. Temos muitos alunos interessados, mas os ensaios acabam conflitando com as aulas de instrumentos musicais. Vamos reorganizar os horários no próximo ano para garantir uma participação maciça”, explica. No concerto desta quarta-feira, o coral se apresentará com 18 vozes, das quais oito são de crianças que integram o projeto. A formação original conta com 26 vozes.

O programa do concerto conta com clássicos da música instrumental e arranjos compostos por Vernino e pelo músico Paulo Sérgio de Souza Arroyo, que é um dos alunos da Camerata Jovem. Mantida pela Associação Artística e Cultural do Interior Paulista (Aacip), a Camerata Jovem Beethoven é um projeto cultural, educativo e de apoio profissional criado em Rio Preto em 2011. Com o slogan Música Que Transforma, o objetivo é formar cidadãos por meio das artes.

O projeto oferece gratuitamente aulas de violino, viola clássica, violoncelo, contrabaixo acústico, coral e musicalização infantil, além de artes plásticas e teatro. São atendidas pessoas com idades entre 5 e 29 anos. Atualmente, o projeto da Camerata Jovem Beethoven atende mais de 300 alunos em cinco unidades. Além das aulas, eles participam de apresentações pontuais em São Paulo e outros Estados.

Em Rio Preto, uma nova apresentação está agendada para o dia 11 de dezembro (domingo), na Praça do Vivendas. A apresentação faz parte da Festa do Sorvete, evento que busca arrecadar recursos para a manutenção das aulas do projeto. A Camerata Jovem conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, do setor privado (colégios América e Cognitivo) e dos clubes de Rotary Jardins e Palácio das Águas (Distrito 4480).

Programa

Turma sob regência de André Vernino

  • Sinfonia 40 (Wolfgang Amadeus Mozart)
  • Sevilla, da suíte Iberia (Isaac Albeniz)
  • Baobá (André Vernino)
  • The Wedding (Abdullah Ibrahim)
  • African Market Place (Abdullah Ibrahim e André Vernino)

 

Turma sob regência de Alan Michel

  • Concerto para Duas Violas (Antonio Vivaldi)
  • Concerto em D Menor (Antonio Vivaldi)
  • Habanera (Georges Bizet)
  • In the Hall of the Montein King (Edvard Grieg)
  • Piratas X Star Wars (Paulo Sérgio de Souza Arroyo)
  • 5ª Sinfonia (Ludwig van Beethoven)
  • 9ª Sinfonia (Ludwig van Beethoven) - Participação do Coral Villa-Lobos 

Serviço

  • Concerto da Camerata Jovem Beethoven. Participação do Coral Villa-Lobos. Hoje, às 20h. Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto (Av. Brigadeiro Faria Lima, 5.381). Ingresso: papel higiênico, xampu, fralda geriátrica M ou álcool gel 70% (em prol do Lar de Betânia). Informações: (17) 4141-3172

Professor busca o método Suzuki

Primeiro professor da Camerata Jovem Beethoven, o músico Alan Michel vai embarcar para o Peru, em janeiro do próximo ano, para iniciar os estudos sobre o Método Suzuki. Trata-se de uma metodologia de ensino da música criada pelo japonês Shinichi Suzuki (1898-1998), sendo considerada hoje uma das mais importantes do mundo.

“É uma metodologia de ensino adotada por diferentes países. O processo de aprendizagem dessa metodologia é dividido em dez volumes, e eu estarei iniciando o primeiro deles”, comenta o professor, que ficará por uma semana na Associação Suzuki do Peru, em Lima. A ida de Michel para o Peru foi viabilizada pelo apoio concedido à Camerata Jovem pelo Rotary Jardins, de Rio Preto.

Para ele, o contato com essa metodologia ajudará a implementar as aulas do projeto rio-pretense. “As expectativas são as melhores. Há no Brasil cursos sobre a filosofia do Método Suzuki, mas eles são realizados de vez em quando”, explica o professor.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso