X
X

Diário da Região

28/10/2015 - 09h29min

Segurança

5 dicas para um berço seguro

Segurança

Diego Tricca Pietra Ribeiro Tricca dorme no berço. Cuidados desde o nascimento. (Foto: Diego Tricca)
Pietra Ribeiro Tricca dorme no berço. Cuidados desde o nascimento. (Foto: Diego Tricca)


Ao colocar seu bebê no berço, você imagina que ele está seguro, certo? Não é bem assim. O que muitos pais não sabem é que a disposição dos objetos no berço está diretamente relacionada à segurança do bebê. Protetores acolchoados, mantas, travesseiros, bichos de pelúcia e lençóis sem elástico podem ser vilões quando o assunto é o jeito certo de arrumar o berço. A neurologista Letícia Soster, do Instituto da Criança, de São Paulo, listou alguns cuidados para manter a segurança do bebê durante o sono.

 


1 - Mantenha o berço vazio

A Sociedade Brasileira de Pediatria Sociedade Americana de Pediatria são contra o uso dos “kits berço”, aqueles almofadões que são usados para decorar os berços dos bebês. Segundo a neurologista do Instituto da Criança, Letícia Soster, eles podem cobrir o rosto da criança e causar sufocamento, uma vez que o bebê ainda não tem os reflexos desenvolvidos e não vai se proteger em caso de apneia. Além disso, as almofadas podem ser usadas como trampolim para escalar ou pular o berço e também podem causar alergias.

 

2 – Faça o bebê arrotar depois de mamar

Após a mamada, ainda no colo, coloque o bebê com a cabeça um pouco mais elevada que o corpo para arrotar. Essa atitude evita que a criança vomite e se sufoque com o vômito enquanto dorme no berço. O arroto pode acontecer por causa da ingestão de ar durante a mamada.

 

3 – Não deixe o bebê dormir de bruços

"Todas as pesquisas mostram que os índices de morte súbita dos recém-nascidos reduziram quando foi lançada mundialmente uma campanha incentivando colocar o bebê para dormir com a barriga para cima", diz a  neurologista Letícia Soster. Ao dormir de bruços, a criança tem menos chances de se proteger contra uma possível apneia. Como o bebê pequeno não tem reflexos, a apneia pode se prolongar e levar a óbito.

 

 4 – Use travesseiro ou colchão especial em caso de refluxo

Existem travesseiros e colchões especiais para crianças portadoras de refluxo gastroesofágico. Esses produtos apresentam uma inclinação que deixam o bebê com a cabeça mais elevada que o corpo, diminuindo as chances de sufocamento por vômito. Leticia Soster recomenda: "Faça o mesmo em carrinhos e cadeirinhas".

 

5 – Não deixe móbiles ao alcance da criança

A Sociedade Brasileira de Pediatria aponta que é comum os pais esquecerem de ajustar os móbiles à medida que a criança cresce. Há o risco de o brinquedo cair em cima do bebê quando ele tentar alcançá-lo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso