Diário da Região

14/07/2006 - 00h18min

Previdência

Vereadores cobram ?diálogo? da Prefeitura

Previdência

Carlos Chimba Tauyr: questões que mexem no bolso da população precisam de debate
Tauyr: questões que mexem no bolso da população precisam de debate
Os vereadores da oposição criticaram ontem o que chamam de ?falta de diálogo? da Prefeitura de Rio Preto no episódio do repasse de dinheiro público para a Riopretoprev e querem que o assunto seja debatido com a sociedade antes de ser fechado. De acordo com a proposta do prefeito Edinho Araújo (PPS), os cofres públicos vão repassar R$ 975 mil para a previdência municipal em 2007 e R$ 2,2 milhões por ano em 2008 e 2009. Além disso, o prefeito anunciou a transferência do antigo prédio do Tiro de Guerra, avaliado em R$ 410 mil, para o patrimônio da autarquia, a fim de diminuir o déficit milionário projetado para o futuro. ?Esse aporte financeiro tem de ser fruto de um amplo debate com a sociedade. Qual será o reflexo disso para o município?

É preciso que fique muito claro de onde virá esse dinheiro. Não dá para resolver um problema complexo como esse de forma rápida como querem?, afirma Pedro Roberto (Psol). ?Foi um desprezo muito grande com a Câmara. Mas é sempre assim. Tomam a decisão e depois consultam. Dá a impressão que a Câmara aceita tudo?, afirma. Roberto disse ainda que a transferência do prédio à autarquia não serve para nada. ?É um patrimônio tombado, que não tem liquidez. Vai ser feito o que com ele??, questiona. João Paulo Rillo (PT) disse que a decisão do prefeito em desviar recursos públicos para a previdência ?dá razão? ao debate provocado no início do ano passado na Câmara, quando o superintendente da Riopretoprev, Adilson Vedroni, foi convocado para explicar o déficit da autarquia. ?Na ocasião, o (secretário de Governo, Jair) Moretti disse que eu não sabia o que estava falando. Quem não sabia era ele?, afirma Rillo.

O vereador Emanuel Tauyr (PFL) criticou o fato de o prefeito não ter consultado os vereadores para a decisão, mas reconhece que o problema do déficit precisa de solução. ?Agora perceberam o problema e estão se precavendo. Vamos esperar que não piorem.? Tauyr disse ainda que, toda vez que o Poder Público ?mexe no bolso? da população é preciso debate. De acordo com o estudo encomendado pela Prefeitura, o déficit da Riopretoprev chegará a R$ 817 milhões em 2050, caso os aportes não sejam realizados. Na segunda-feira, o técnico que realizou o estudo, Richard Dutzman, estará em Rio Preto para explicar os dados do levantamento.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso