Diário da Região

29/01/2011 - 03h20min

Impessoal

Valdomiro dá dinheiro para entidade de diretor do Procon

Impessoal

Rubens Cardia Parada nega tráfico de influência e diz que se afastou do Ibrac
Parada nega tráfico de influência e diz que se afastou do Ibrac

O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), liberou R$ 8 mil ao Instituto Brasileiro de Cidadania (Ibrac), que tem como presidente de honra o diretor do Procon, Sérgio Parada. O dinheiro é parte de R$ 15 mil que serão destinados à apresentação da escola de samba Acadêmicos de Rio Preto no carnaval de rua deste ano.


A liberação de recursos ao instituto que tem como fundador o diretor do Procon por considerar infração administrativa, já que a Constituição prevê a “impessoalidade” e “moralidade” como preceitos da administração pública. Promotores consultados pela reportagem dizem que é o caso de apuração das circunstâncias da liberação do dinheiro bem como se houve favorecimento à entidade de Parada.


Para o promotor de Justiça Sérgio Clementino, é necessário verificar se os princípios da impessoalidade e moralidade não foram agredidos. “Em princípio, é um caso que merece investigação”, afirmou. De acordo com o diretor do Procon, a escola de samba fundada em setembro de 2010 é um dos braços do Ibrac. O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) indica que a sede do instituto é na rua Santo André, 198. “Não fizemos um novo CNPJ para a escola de samba porque o custo seria elevado”, afirmou Parada.


Os R$ 8 mil foram liberados via Secretaria de Cultura. Parada disse que após assumir cargo na administração, se desligou do instituto, inclusive, com registro no cartório. “Sou ex-presidente da entidade que tem de continuar. Sou simpatizante da escola e não tenho vínculo algum. Fui presidente do Ibrac até 2008.”


Porém, a atual presidente do Ibrac, Vanderlídia da Silva Araújo, afirmou que Parada atua como um “consultor” da entidade, sendo presidente de honra. “Isso não tem valor legal. É uma homenagem que prestamos a ele”, afirmou. Além dos R$ 8 mil já liberados, a presidente do instituto afirmou que existe a previsão do recebimento de mais R$ 7 mil, totalizando R$ 15 mil. Ela alegou que a verba só foi destinada à escola por indicação de outra agremiação do município, que também irá participar do Carnaval de rua.


Por isso, Parada negou qualquer tipo de influência política junto ao prefeito na liberação de recursos. O diretor do Procon, no entanto, mantém ligação política com o PC do B, o partido do vereador Maurin Ribeiro. O parlamentar conseguiu na Casa aprovar lei que declarou o Ibrac entidade de utilidade pública. Esse é um dos pré-requisitados para o recebimento de verba pública. O secretário da pasta, Deodoro Moreira, se recusou a comentar o assunto.


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso