Diário da Região

22/06/2012 - 01h40min

Trem caipira

Reforma de estações custa R$ 1 milhão além do previsto

Trem caipira

Carlos Chimba Em Rio Preto, estação precisará de reforço em suas fundações
Em Rio Preto, estação precisará de reforço em suas fundações

O projeto para colocar o Trem Caipira nos trilhos vai custar R$ 1 milhão a mais que o previsto originalmente pela Prefeitura de Rio Preto. A estimativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico era de gastar R$ 850 mil nas reformas das estações ferroviárias de Rio Preto e do Distrito de Engenheiro Schmitt, no entanto, as obras deverão consumir aproximadamente R$ 2 milhões.


A licitação para as reformas foi aberta ontem. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos de Arnaldo, responsável pelo Trem Caipira, problemas na estrutura da estação ferroviária de Rio Preto, detectados durante a elaboração do projeto de reforma, encareceram a obra. “A fundação (da estação ferroviária) está abalada e terá que ser refeita”, disse o secretário. Desde o início do ano passado, o teto da estação ferroviária de Rio Preto permanece apoiado em escoras de madeira.


Guilherme Baffi Estação de Schmitt vai ganhar restaurante e centro de conviência
A construção de um desvio na estrada de ferro, que servirá de acesso para a garagem do Trem Caipira no complexo da Swift, também elevou o valor do projeto. O valor das reformas previsto originalmente pela Prefeitura - R$ 850 mil - será custeado pelo Ministério do Turismo, que já autorizou a liberação do recurso financeiro. “A Prefeitura entrará com o complemento de R$ 1 milhão”, afirmou Carlos de Arnaldo. Ele prevê a conclusão das obras em 90 dias após a assinatura da ordem de serviço.Os envelopes com as propostas técnicas e financeiras das empresas interessadas na obra deverão ser entregues até o dia 1º de agosto à Comissão de Licitação da Prefeitura, que analisará os documentos e indicará as empresas que continuarão no certame. A partir de hoje as empresas estão liberadas para fazer visitas técnicas nas estações ferroviárias de Rio Preto e Schmitt e também no trecho da estrade de ferro que será construído o desvio para a Swift.Além dos R$ 850 mil destinados às reformas das estações ferroviárias, o Ministério do Turismo, por meio de convênio, já repassou R$ 819 mil à Prefeitura de Rio Preto, para a compra da locomotiva e do vagão que compõem o Trem Caipira. A composição terá capacidade para transportar 60 passageiros no percurso entre as estações de Rio Preto e do Distrito de Engenheiro Schmitt.

Guilherme Baffi Arnaldo corre contra o tempo para cumprir promessa de prefeito

Trem vai apitar, prometeu Valdomiro

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Rio Preto, Carlos de Arnaldo, corre contra o tempo para concretizar a promessa do prefeito Valdomiro Lopes (PSB), que em entrevista ao Diário, em janeiro de 2011, disse: “O Trem (Caipira) vai apitar no nosso governo.”Ontem, Carlos de Arnaldo disse que espera ver o Trem Caipira nos trilhos até dezembro, último mês da gestão de Valdomiro à frente da Prefeitura. “Estamos nos esforçando para isso. Acredito que até o final do ano o Trem Caipira estará em atividade”, afirmou o secretário. Foi justamente em um dezembro, de 2008, último ano da gestão Edinho Araújo (PMDB), que o trem fez sua primeira e única viagem. RestauranteAlém das reformas nas estações ferroviárias de Rio Preto do Distrito de Schmitt, o projeto desenvolvido por Carlos de Arnaldo prevê a a instalação de um museu, uma feira de artesanato e um restaurante no prédio da estação ferroviária de Schmitt. Também serão construídos no local um centro comunitário e uma área de lazer para crianças.A Prefeitura tem autorização da concessionária América Latina Logística (ALL), que controla a linha férrea de Rio Preto, para o Trem Caipira fazer apenas uma viagem por semana no percurso que vai de Rio Preto até o Distrito de Schmitt. O custo da viagem será de R$ 15.

   

Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso