Diário da Região

23/06/2009 - 22h16min

Caso barganha

MP rebate a defesa de vereadores

Caso barganha

Sérgio Menezes Clementino diz que Justiça pode e deve agir ao detectar irregularidade
Clementino diz que Justiça pode e deve agir ao detectar irregularidade
O promotor Sérgio Clementino rebateu as alegações de vereadores e assessores da Câmara que tentam desqualificar a ação movida pelo Ministério Público contra a barganha de cargos na eleição de Jorge Menezes (DEM) para a presidência da Câmara de Rio Preto. Clementino devolverá hoje à juíza Tatiana Pereira Viana a ação que pede, em caráter liminar, a destituição de Menezes do cargo e a realização de nova eleição para a presidência da Câmara. Na ação o promotor pede ainda a demissão de sete apadrinhados indicados pelos vereadores na negociação feita para a eleição de Menezes. No julgamento final, o MP pede a condenação por improbidade dos 11 vereadores e a perda das funções públicas. ?Eles alegam que existe um processo político (na eleição da mesa diretora), que a Justiça não pode intervir. Vou rebater os argumentos dos vereadores?, disse o representante do MP.

De acordo com Clementino, os vereadores praticaram ato ilegal ao trocar cargos de assessoria e diretoria para apadrinhados por votos em Menezes, e por isso, o MP e o Poder Judiciário devem intervir na eleição da mesa diretora da Câmara de Rio Preto. ?Ao detectar a irregularidade a Justiça não só pode como deve agir. Por isso, a Justiça está cassando mandatos em várias localidades do País?, afirmou o promotor, ontem à tarde, quando finalizava a réplica contra os vereadores e assessores. O presidente da Câmara alega, por meio de seu advogado Eudes Quintino de Oliveira, que o promotor vale-se exclusivamente de documentos sem esclarecer os parâmetros e elementos de prova que apresenta. Menezes afirma, por meio de seu advogado, que as reportagens jornalísticas que revelaram o esquema da troca de cargos por votos não podem ser usadas como prova da barganha.

Também foram denunciados por improbidade administrativa os vereadores Antonio Carlos Parise (PTB), Alessandra Trigo (PSDB), Carlão dos Santos (PTB), Dinho Alahmar (PSB), Jorge Abdanur (PSDB), José Carlos Marinho (PP), atual secretário de Esportes, Manoel da Conceição (PPS), Nelson Ohno (PSB), Paulo Pauléra (PP), atual secretário de Serviço Gerais e Walter Farath (PR), além dos assessores Ana Clara Sgarbi, Aparecida de Matos, Joaquim Pereira Neto, Orleans Fauaz e Rafael Nunes e a ex-assessora Luciana Lopes Dias.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso