Diário da Região

15/12/2002 - 06h38min

Disputa

Mesa Diretora da Câmara: a disputa pelo poder

Disputa

Lézio Júnior NULL
NULL
De um lado, um grupo nomeado governista que nunca vestiu a camisa da situação. De outro, o bloco engrossado por partidos de oposição, porém com histórico de apoio aos projetos do governo. À frente, a Mesa Diretora da Câmara, alvo de disputa entre os 21 vereadores do Legislativo de Rio Preto. A dois dias do confronto, o cenário é de articulações e a promessa, de surpresas. Nomes que apareceram como candidatos favoritos dos dois grupos, como o de Gerson Furquim (PST) e Regina Chueire (PT), podem se tornar coadjuvantes na estratégias em busca do poder. Para levar a principal cadeira do Legislativo rio-pretense, o vereador precisa obter a maioria dos 21 votos. Como o registro da candidatura será feito no dia da votação, que ocorre na próxima terça às 20h30, ainda são muitas as especulações sobre os nomes dos candidatos a presidente, vice-presidente, e primeiro, segundo e terceiro secretários.

O chamado grupo dos 11 é o mais antigo na disputa e articula o nome de Furquim há dois meses. O bloco reúne os tucanos César Gelsi, Claudiney Faustino e Joaquim Barbeiro, os peefelistas Luiz Alberto Andaló e Celso Melo, os vereadores do PST, Oscarzinho Pimentel e Luiz Storino, além de Edmo Alves (PV), Nilson Silva (PTB) e Valdomiro de Jesus (PMDB). “Somos um grupo de consenso e estamos do lado do governo. Todo projeto que vem do Executivo visa atender o anseio da comunidade e merece nossa aprovação. Não é nosso estilo fazer oposição”, discursa Furquim. Apesar da declaração de apoio ao governo, há quem aposte em virada de mesa na hora da votação. As fichas são para a indicação dos tucanos Claudiney Faustino ou César Gelsi para a presidência, liderança que representaria ameaça à harmonia com o Executivo. O principal motivo é a rivalidade partidária nas urnas. Tucanos e pepessistas trocaram farpas nas últimas eleições municipais e o PSDB foi o primeiro partido a anunciar candidato próprio em 2004 para tentar impedir a reeleição de Edinho Araújo (PPS). O provável nome dos tucanos é o de Ivani Vaz de Lima, mulher do deputado estadual Vaz de Lima (PSDB). Ela disputou a eleição em 2000, mas foi derrotada no primeiro turno.

Governistas
Por outro lado, a bancada de esquerda que ajudou o prefeito a se eleger não ocupou posição de situação nos dois primeiros anos de governo. Apesar de integrarem a Frente Progres-sista - que elegeu Edinho em 2000 -, ao lado do PPS, do PV e do PC do B, os petistas criticaram projetos do Executivo, como o da criação do Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae), e apontaram irregularidades no governo que provocaram, por exemplo, a queda do ex-secretário de Comunicação Roberto Lofrano. A falta de fidelidade explícita dos petistas não está restrita a acontecimentos do passado. Recentemente, o vereador Marco Rillo (PT) ameaçou entrar com uma ação de improbidade contra Edinho. Segundo Rillo, o prefeito estaria fazendo “vista grossa” ao uso irregular de terrenos do município doados a entidades religiosas.

Depois de dois anos sem assumir o ônus de ser governo, os parlamentares tentam resgatar a Frente Progressista no Legislativo para compor o bloco “anti-Furquim” e, com apoio do prefeito, vencer a disputa pela Mesa. As articulações reúnem a bancada do PT (Marco Rillo, Márcio Ladeia, Eni Fernandes e Regina Chueire), do PPS (Sérgio Camargo e Pedro Roberto), do PSB (Alcides Zanirato e Hubert Beleloy), Eduardo Piacenti (PPB) e Dinho Alahmar (PFL). Os governistas ainda não apresentam o nome do candidato. A campanha inicial girou em torno de Regina Chueire, mas não emplacou por encontrar resistência dentro do próprio partido. As principais críticas são por causa da falta de experiência de Regina no Legislativo. Até o mês passado, ela ocupou o cargo de Secretária de Habitação.

“Nossa postura é ter um nome que ganhe a eleição para presidente da Câmara e garanta a governabilidade de Edinho”, afirma o vice-presidente do PT, Israel Martins. A definição do candidato do bloco dos dez estava prevista para reunião realizada na tarde de ontem,

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso