X
X

Diário da Região

15/12/2017 - 12h56min

Falta lixeira

Lei dos sujões divide Câmara e moradores

Falta lixeira

Johnny Torres Cruzamento com a rua XV de Novembro em que não há nenhuma lixeira instalada nas esquinas
Cruzamento com a rua XV de Novembro em que não há nenhuma lixeira instalada nas esquinas

Projeto do prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), que prevê multas pesadas para quem jogar lixo nas ruas ou terrenos da cidade encontra resistência dentro e fora da Câmara. A polêmica proposta estipula multa de R$ 4,5 mil para grandes quantidades de lixo despejadas em terrenos e multa de R$ 1,3 mil para quem jogar lixo na rua, como papel ou até bituca de cigarro. Valdomiro afirma que o município acumula gastos com a limpeza da cidade e que as novas regras “vai doer no bolso” dos moradores. 

No entanto, o projeto foi alvo de críticas ontem por causa dos valores das multas e, principalmente, por falta de lixeiras na cidade. Enquanto em alguns pontos, como no Calçadão, há lixeiras, em outros também no Centro, falta equipamentos onde os moradores podem jogar lixo. A mesma crítica vale para bairros mais distantes do Centro. Para a operadora de caixa, Angélica Freitas, o projeto pode ajudar a limpar a cidade, mas é preciso mais lixeiras.

“Eu já tive de andar mais de três quarteirões para achar uma lixeira. Acho que não dá para multar sem ter lixeiras”, afirmou a moradora. A doméstica Rosângela Santos também reclama de falta de lixeiras. Ela cita principalmente bairros da periferia. “Tem lixeira nas praças, nas ruas mesmo, não tem não. Às vezes tem de colocar o lixo na bolsa.” De fato, cruzamentos em plena região central não possuem locais adequados para moradores jogar lixo fora. Um exemplo é no cruzamento da rua Jorge Tibiriça com a rua XV de Novembro, uma das mais movimentadas do município. Nesse local, não há lixeira em nenhuma esquina.

 

Local onde havia lixeira - 30092015 Local onde havia lixeira, mas que acabou sendo danificada

Cena que se repete em cruzamentos da XV de novembro. Moradores devem ficar com lixo na mão até chegar à avenida Alberto Andaló ou Calçadão para encontrar uma lixeira. Mas até no Calçadão há algumas lixeiras danificadas. Moradores ainda citam que o governo deveria se preocupar com outras prioridades. “Deveria investir mais em saúde e educação. Essas multas para jogar lixo na rua são muito pesadas”, afirmou a atendente Emanuela Lopes. A falta de lixeiras e o valor da multa foi principal reclamação de vereadores sobre o projeto de Valdomiro.

Renato Pupo (PSD) e Marco Rillo (PT), ambos de oposição reclamaram da proposta na tribuna. Pupo sustenta que há poucas lixeiras. Mas governistas também criticaram o projeto. O líder do governo no Legislativo, vereador Dourival Lemes, disse que considerou a multa “pesada”. Ele afirma que ficou surpreso com o projeto. “Eu não sabia desse projeto. A multa é pesada. A Câmara está dividida”, afirmou. Celso Peixão (PSB) disse que iria “analisar” as queixas de moradores sobre a proposta.

 

Opinião pública - Projeto "Sujões" - 30092015 Clique na Imagem para ampliar

Projeto será votado amanhã

O presidente da Câmara, Fábio Marcondes (PR), que defendeu a proposta, afirmou que o projeto será votado em sessão extraordinária que está marcada para amanhã. “É um ótimo projeto, que não encontra nenhuma resistência. Será aprovado por unanimidade na quinta-feira (amanhã), afirmou o presidente. Outros vereadores, porém, não vêem a situação tão tranquila assim. “O projeto é polêmico”, afirmou Maurin Alves Ribeiro (PC do B).

Parlamentares podem apresentar emendas para reduzir o valor da multa. Em entrevista na segunda-feira ao Diário, Valdomiro disse que espera aprovação da proposta. “Acho que as pessoas de bem vão apoiar”. Ele afirmou que irá criar uma “força-tarefa” para fiscalização da lei, que valerá 45 dias depois que for sancionada. 

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso