X
X

Diário da Região

15/12/2017 - 03h43min

São Paulo

Depósitos em conta de mulher de Vaccari podem ter como origem sua irmã Marice

São Paulo

Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato anexaram ao novo pedido de prisão da cunhada de João Vaccari Neto, Marice Corrêa de Lima, o registro dos depósitos "picados" que somaram R$ 322,9 mil feitos na conta da irmã e mulher do ex-tesoureiro do PT. Os depósitos fracionados, no limite próximo de R$ 10 mil, sem identificação do depositante, na conta de Giselda Rousie de Lima são um dos elementos que levaram sua irmã Marice e o marido para a prisão. O ex-tesoureiro petista está detido desde o dia 15, preventivamente. A cunhada, desde o dia 17, e teve ontem sua temporária de cinco dias renovada pelo juiz federal Sérgio Moro - que conduz os processos da Lava Jato. "Tudo indica que Giselda recebe uma espécie de 'mesada' de fonte ilícita paga pela investigada Marice, sendo que os pagamentos continuam sendo feitos até março de 2015?, informa o Ministério Público Federal, em pedido acatado nesta terça-feira, 21, pela Justiça Federal. Consta no documento ainda os valores de acima de R$ 10 mil depositados em dinheiro na conta da mulher de Vaccari entre 2008 e 2012 sem identificação de origem que totalizar outros R$ 260,5 mil. Os dados são da Informação nº 86/2015, da Procuradoria, anexado ao pedido. A força-tarefa da Lava Jato suspeita que a cunhada do tesoureiro do PT "funcionava como uma auxiliar para operacionalizar a propina destina ao Partido dos Trabalhadores". Os investigadores acreditam que a cunhada "recebia vantagens indevidas destinadas a Vaccari". Nesta terça-feira, 21, ao determinar a nova prisão de Marice, a Justiça considerou o fato de que ela teria mentido sobre ser a origem de depósitos não identificados para a conta da irmã, ainda este ano, segundo aponta o MPF. Imagens anexadas ao processo, das câmeras de bancos, mostram que a cunhada pode ter sido a origem desses depósitos e que eles teriam continuado até março. Análise Os analistas do Ministério Público verificaram operações de depósitos bancários ocorridas com "características de fracionamento" ou em valores próximos ao limite de identificação da operação pela instituição bancária - a Circular 3461/09, do Banco Central, estabelece que os bancos devem identificar transações realizadas com uma mesma pessoa que superem a quantia de R$ 10 mil. Em 2008, os depósitos fracionados na conta da mulher do tesoureiro do PT bateram em R$ 16 mil. Já em 2011, saltaram para R$109,1 mil.Em 2014, ano que estourou a Operação Lava Jato, os picados abasteceram em R$ 31,5 mil a conta de Giselda. A Polícia Federal segue ainda a análise do material recolhido na casa de Marice no dia 15. Os investigadores receberam orientação para inspecionarem o apartamento em São Paulo. O criminalista Cláudio Pimentel, que defende Marice Corrêa Lima, afirma que toda sua movimentação financeira está declarada no Imposto de Renda. Ontem, o advogado afirmou que não entrar com pedido de habeas corpus nos tribunais superiores. "Não há nenhuma razão para ela ficar presa. Ela jamais pensou em fugir. A demonstração inequívoca disso é que ela se apresentou. Afinal, quem quer fugir vai retornar ao Brasil, como ela fez espontaneamente?"

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso