X
15/12/2017 - 10h15min

São Paulo

Com diminuição da demanda pelo governo, indústria de máquinas demite

São Paulo

Uma das exigências do PAC 2 Equipamentos era que as máquinas fornecidas às prefeituras tivessem produção nacional, o que estimulou a indústria nacional. Mas esse crescimento não foi sustentável o suficiente para manter o nível de emprego no setor neste ano de crise econômica. A Man Latin America, que recebeu quase R$ 1 bilhão do governo federal em 2014 para entregar caminhões pesados, caçambas e cisternas, já suspendeu o contrato de 600 trabalhadores em sua fábrica em Rezende (RJ) por causa do fim do programa. "Se o nível de vendas para o programa tivesse sido mantido (em relação ao de 2014), o mesmo volume significaria 30 dias de produção deste ano, em função da fraca demanda", diz a empresa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors