Diário da Região

05/12/2009 - 02h30min

Pacotão

Câmara vota alteração no zoneamento

Pacotão

Thomaz Vita Neto Nilson Silva: não tem como adiar regularização de puxadinho
Nilson Silva: não tem como adiar regularização de puxadinho

A Câmara de Rio Preto votará na próxima quarta-feira três projetos que alteram a Lei de Zoneamento, sendo que dois são em regime de urgência. Um deles é de autoria do vereador Walter Farath (PR), que prevê a inclusão de área agrícola ao perímetro urbano do município.


O segundo projeto que teve pedido de urgência é do vereador Oscarzinho Pimentel (PPS), e integra na zona 6 (corredores comerciais de média densidade) toda a extensão das avenidas Gaivota e Seriema, no bairro Parque dos Pássaros.


O projeto de Nilson Silva (PSDB) que libera a regularização gratuita de puxadinho (obras irregulares de construção e reforma de residências) pela Prefeitura de Rio Preto foi novamente incluído na pauta da sessão da Câmara. A proposta já teve a votação adiada quatro vezes. “Não tem mais jeito de pedir adiamento. Tudo o que podia ser feito eu fiz. Agora, vai ter de ser votado”, disse tucano. A proposta precisa de 11 votos para ser aprovada. No entanto, além do próprio voto, Nilson tem o apoio de outros nove parlamentares - quantidade insuficiente para aprovar o projeto.


O vereador Dinho Alahmar (PSB) também pediu urgência na votação do projeto que assegura aos professores, estudante e servidores municipais (quando por convicções religiosas) o direito a reposição de aulas, serviços e demais atividades, em dias alternativos quando estes recaírem nos sábado. A votação do projeto foi adiada na última sessão, após ser criticado pelo vereador Antonio Carlos Parise.


Cargos


O presidente da Câmara, Jorge Menezes (DEM), adiou a reunião da Mesa Diretora, que estava marcada para a tarde ontem para assinar o projeto que cria nove cargos comissionados no legislativo. Dos cinco membros da mesa, além de Menezes, apenas Jorge Abdanur (PSDB) e Nilson Silva estavam na Câmara. Oscarzinho e Parise viajaram.


Com a ausência dos dois parlamentares, Menezes decidiu marcar a reunião para a próxima quarta-feira. Nilson já assinou o projeto. “O Jorge me explicou o projeto e eu decidi assinar”, afirmou. Abdanur disse que só assinará a proposta depois de avaliar o impacto financeiro provocado com a criação dos novos cargos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso