X
X

Diário da Região

24/03/2016 - 00h00min

TERROR EM BRUXELAS

Homens-bombas eram conhecidos da polícia belga

TERROR EM BRUXELAS

Os homens-bomba que detonaram os explosivos no aeroporto e em uma estação de metrô em Bruxelas na terça-feira foram identificados como sendo os irmãos Ibrahim e Khalid El Bakraoui e já eram conhecidos da polícia, mas não por terrorismo afirmou o procurador belga Frederic Van Leeuw. Segundo ele, Ibrahim, que tinha 29 anos, foi reconhecido durante a análise de imagens de câmeras de segurança do aeroporto de Zaventem.

O outro suicida no aeroporto, que estava à esquerda na foto divulgada, ainda não foi identificado. Leeuw destacou que o terceiro terrorista - que estava com um chapéu escuro no lado direito da imagem - chegou ao aeroporto com um explosivo em uma bolsa. Este suspeito deixou a bolsa para trás e logo em seguida pegou um avião antes das duas explosões. Van Leeuw disse que a bolsa possuía a maior carga de explosivos de todos e foi detonada pelo esquadrão antibombas. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o procurador, este suspeito seria Najim Laachraoui, que continua foragido. Segundo o procurador, Khalid El Bakraoui, que tinha 27 anos, foi o responsável pela explosão na estação de metrô Maelbeek. Ambos os ataques de terça-feira mataram 31 pessoas e feriram 274, disse o procurador. As autoridades belgas afirmaram que várias pessoas possivelmente ligadas aos ataques em Bruxelas ainda estão soltas e é por isso que o país segue no nível máximo de alerta, disse Paul Van Tigchelt, chefe do corpo de ameaça terrorista na Bélgica, o que significa que existe o perigo de um ataque iminente.

Leeuw disse que um homem-bomba que atacou o aeroporto deixou um bilhete de Ibrahim El Bakraoui em um notebook encontrado em uma lata de lixo no bairro de Schaerbeek, dizendo que se sentia cada vez mais inseguro e temia uma prisão. Ibrahim era belga e foi identificado através de impressões digitais.

Procura

A caçada humana depois dos ataques de Bruxelas se concentra em um homem belga que as autoridades acreditam ser um fabricante de bombas para o Estado Islâmico. Ele viajou para a Síria para treinar e recrutar outros combatentes estrangeiros no ano passado. Autoridades belgas disseram que não sabem se Najim Laachraoui, de 24 anos, seria o terceiro responsável pelo ataque.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso