X
X

Diário da Região

06/11/2015 - 11h16min

Cairo

Voos devem deixar Egito rumo ao Reino Unido, após queda de avião do sábado

Cairo

O ministro da Aviação Civil do Egito, Hossam Kamal, afirmou que o aeroporto de Sharm el-Sheikh operará oito voos no Reino Unido nesta sexta-feira, em vez dos 29 planejados anteriormente. Em comunicado por e-mail, Kamal disse que as companhias aéreas britânicas estão voando sem as bagagens dos passageiros, já que o aeroporto não consegue checar rapidamente as 120 toneladas de bagagem deixadas para trás. "Este grande volume afetará a operação adequada do restante dos voos domésticos e internacionais", disse Kamal. Segundo ele, há um plano para que um avião cargueiro leve a bagagem para os passageiros no mesmo dia da partida deles. Muitos turistas fazem filas para deixar o Egito, após a queda de um avião russo matar todas as 224 pessoas a bordo no país, no sábado. Mais cedo, houve confusão no aeroporto de Sharm el-Sheikh, após a companhia britânica EasyJet dizer que autoridades egípcias atrapalhavam os planos da empresa de levar centenas de turistas de volta para casa. Turistas exasperados reclamaram com o embaixador britânico, exigindo saber quando poderiam voar. O embaixador negou que o Egito estivesse bloqueando os voos. A Bélgica orientou seus cidadãos a não viajar para Sharm el-Sheikh, até que seja esclarecida a queda do avião russo que decolou do resort localizado no Mar Vermelho. Autoridades dos EUA e do Reino Unido temem que uma bomba possa ter explodido no avião em pleno ar. Já autoridades russas e egípcias dizem que é muito cedo para concluir isso. A Air France informou que estava reforçando seus controles de segurança no Cairo e na França. O governo francês, por sua vez, pediu que seus cidadãos limitem suas viagens ao Egito. O Ministério das Relações Exteriores em Paris disse que os franceses devem evitar viagens a Sharm el-Sheikh, a Taba e a áreas próximas da Península do Sinai, a menos que tenham um "motivo forte" para isso. Companhias aéreas da Holanda também se preparavam para repatriar turistas. A KLM orientou os passageiros a deixar no Cairo parte de sua bagagem, levando apenas a bagagem de mão. O restante deve ser enviado em outras aeronaves para seu destino. Fonte: Associated Press.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso