X

Diário da Região

12/05/2015 - 09h38min

São Paulo

Universidade pretende rever políticas de inclusão

São Paulo

Para cumprir a meta de 50% de calouros provenientes da escola pública até 2017, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) pretende rever suas políticas de inclusão. Internamente, são estudadas alternativas como ajustar o modelo de bônus no vestibular e o uso de cotas, informa o jornal O Estado de S. Paulo, nesta terça-feira, 12. Qualquer mudança depende de aval do Conselho Universitário (Consu). A Pró-Reitoria de Graduação designou, em 2014, uma comissão para avaliar novas estratégias. Segundo fonte da administração ouvida pelo Estado, a comissão sugeriu adotar, por um período, cotas sociais e raciais. O objetivo seria elevar a inclusão, especialmente em cursos concorridos, como Medicina. Outra ideia seria privilegiar candidatos cujos pais não cursaram o ensino superior. Internamente, defende-se ainda que ajustes no atual sistema de bonificação do vestibular já trariam resultados positivos. Parte dessas propostas deve ser encaminhada ao Consu nos próximos meses. A reitoria informou que só se manifestará sobre "eventuais aperfeiçoamentos nas políticas já existentes" após o debate no órgão. Desde 2005, a Unicamp usa sistema de bônus no vestibular para candidatos da rede pública e autodeclarados pretos, pardos e indígenas (PPI). O programa já passou por ajustes como o aumento do bônus. Proporção De 2014 para 2015, porém a proporção de calouros da rede pública caiu de 36,9% para 30,2%. A universidade esperava atingir 38%. Até 2017, a meta é ter 50% de calouros da rede pública, com 35% de PPI - proporção equivalente à da população paulista. A avaliação é de que, para atingir esse nível, ações mais agressivas são necessárias. Entre as estaduais paulistas, só a Unesp usa um sistema de reserva de vagas. A USP usa bônus e estuda reservar parte das vagas para candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso