X
X

Diário da Região

20/10/2015 - 16h06min

Seul

Sul-coreanos separados pela guerra encontram familiares do Norte após 60 anos

Seul

Centenas de coreanos encontraram pela primeira vez, em mais de 60 anos, seus familiares que foram separados pela guerra que dividiu a Coreia entre Sul e Norte, em uma reunião que começou nesta terça-feira e irá seguir pelos próximos três dias no Diamond Mountain resort, na Região Desmilitarizada (DMZ). Cerca de 390 sul-coreanos, a maioria idosos - alguns em cadeiras de rodas, apoiando em bengalas, chorando, rindo e em choque - viajaram para o norte. Vestidos com roupas formais, eles levaram medicamentos, roupas, trabalhos de caligrafia e dólares para dar de presente aos cerca de 140 membros da família residentes no Norte. A visita de três dias, que ocorre na região montanhosa de Kumgangsan, foi autorizada em setembro, após negociações entre integrantes da Cruz Vermelha dos dois países. Os jornalistas se aglomeraram ao redor da sul-coreana Lee Soon-kyu, de 85 anos, enquanto ela se encontrava com seu marido Oh In Se, de 83 anos. As imagens foram transmitidas por toda a Coreia do Sul, onde a reunião se tornou uma grande notícia. Já na Coreia do Norte, onde analistas acreditam que as cenas com os sul-coreanos possam influenciar a sua permanência no poder, publicou um relatório sobre as reuniões através de seus meios de comunicação estatais, dizendo que os participantes norte-coreanos explicaram aos parentes sul-coreanos como eles têm uma vida "feliz" e "interessante" sob o sistema socialista do Norte. Mais de 65 mil sul-coreanos estão na lista de espera para reencontrar os parentes que não veem desde o fim da Guerra da Coreia (1950-1953), que ocasionou na divisão da península. O último encontro do tipo aconteceu em fevereiro de 2014. As reuniões são resultado da cúpula das Coreias, realizada em 2000, e se esperava que acontecessem anualmente, mas o evento de outubro foi apenas o segundo em cinco anos. De acordo com a programação oficial do encontro atual, os familiares terão seis encontros nos próximos três dias, cada um com duração de duas horas. A maioria dos escolhidos para a visita tem mais de 80 anos de idade. Em uma segunda rodada de reuniões, de sábado até segunda-feira, cerca de 250 sul-coreanos irão visitar o resort para se reunir com cerca de 190 parentes norte-coreanos, disse o Ministério da Unificação do Sul. Fonte: Associated Press.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso