X
X

Diário da Região

27/08/2015 - 09h25min

São Paulo

Retomado, programa Pomar Urbano vai para o interior paulista

São Paulo

O governo estadual vai retomar o Pomar Urbano, programa de revitalização das margens dos Rios Pinheiros e Tietê, e pretende expandi-lo para cidades do interior e da Grande São Paulo neste ano. O novo projeto prevê a abertura de um museu na sede do programa, na capital, que será reformada, além da implementação de um sistema natural de limpeza dos rios. A ideia da gestão Geraldo Alckmin (PSDB) é iniciar a interiorização do programa a partir de dezembro, por meio de parcerias com prefeituras que também enfrentem problemas com rios urbanos, como Campinas, Ribeirão Preto e Presidente Prudente. Na Grande São Paulo, o governo deve aproveitar áreas de estatais, como a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), para assinar convênios. Já na capital, o projeto pretende ganhar força a partir da reforma da sede do Pomar Urbano, na zona sul. O espaço deve ganhar vários equipamentos, como bares, restaurantes e salas de debate. Também está prevista a construção do Museu do Rio Pinheiros, para preservar a história dos rios paulistanos, e do Pavilhão das Águas, reservado a discussões sobre despoluição. A empresa responsável pela reforma será escolhida por concurso - o resultado deve ser divulgado em novembro. Serão investidos cerca de R$ 15 milhões e os recursos devem vir por meio da Lei Rouanet. Segundo a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, o objetivo do programa é transformar as margens dos rios em espaços de lazer para os cidadãos. No caso do Pinheiros, também está prevista a conclusão de uma ciclovia ao longo do parque linear. "Queremos que a sociedade se aproprie desse espaço, o que hoje não acontece por causa da poluição e do mau cheiro", afirma o coordenador de Parques Urbanos da pasta, José Ismael Lutti. Por isso, a secretaria também formou um grupo para estudar a implementação de "wetlands", sistema natural de controle da qualidade da água, nos afluentes do Pinheiros. Nesses locais, devem ser distribuídas plantas que, por se alimentarem de material orgânico, atenuariam os efeitos da poluição. "Os rios só são lembrados nos momentos de cheias ou de mau cheiro. As pessoas passam pelas Marginais e não prestam mais atenção", diz Lutti. Retomada O projeto Pomar Urbano foi lançado em 1999, no governo Mario Covas (PSDB), pelo Jornal da Tarde e pela Rádio Eldorado, do Grupo Estado, e teve apoio de outras empresas. Originalmente, eram 27 parceiros: cada um responsável por revitalizar um quilômetro linear na margem do Rio Pinheiros. Depois disso, mais de 300 mil mudas foram plantadas, com mais de 250 espécies diferentes de árvores, palmeiras, arbustos e forrações. Há cerca de três anos, no entanto, as empresas foram deixando o projeto. Atualmente, apenas 13 delas permanecem atuando efetivamente na margem do Pinheiros, segundo a secretaria. Outro problema é que o convênio com a Emae, responsável legal pelas áreas dos parques lineares, foi encerrado no fim do primeiro semestre de 2014. O vínculo só foi renovado um ano depois. Com autorização para voltar a atuar na área, o governo estadual pretende contatar as antigas empresas parceiras para retomar o projeto. A gestão dos parceiros seria centralizada por uma empresa de paisagismo, que, por sua vez, recebe orientações da pasta. Segundo o governo, os custos são bancados pela iniciativa privada, que, em contrapartida, tem permissão para divulgar sua marca na área sob sua responsabilidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso