X
X

Diário da Região

14/10/2015 - 19h52min

São Paulo

Publicidade sobre imigração do Governo Federal causa polêmica

São Paulo

Uma campanha publicitária do Ministério da Justiça para combater a xenofobia e a intolerância no País causou polêmica nesta quarta-feira, 14, nas redes sociais. A peça retrata Matheus Gomes, um jovem negro de 18 anos, ao lado dos dizeres: "Meu avô é angolano e meu bisavô é ganês. Brasil, a imigração está no nosso sangue". Nos comentários, as pessoas disseram que escravos africanos que foram forçados a vir ao Brasil não podem ser confundidos com imigrantes. "Só era o que me faltava! Vocês classificarem escravidão como imigração. Ai, me poupe Ministério da Justiça, quanta falta de empatia por uma história", escreveu uma internauta. "O que estão fazendo é romantizar a escravatura", postou outro usuário. Alguns ainda defenderam o ministério: "Nem todos os negros que vieram para o Brasil foram por meio da escravidão, alguns imigraram sim em busca de emprego e vida melhor. No caso do avô e bisavô deste rapaz do post, ele teria que ser idoso para ter bisavós escravos. Questão de interpretação. Racista é pensar que todos os negros que vieram eram escravos." O Ministério da Justiça respondeu a cada um dos comentários no Facebook lamentando que a postagem tenha levado a "interpretações que associavam escravidão e imigração". "Essa absolutamente não era a intenção, e por esse motivo pedimos desculpas", afirmou a pasta, agradecendo as contribuições. Disse ainda que "apoia a importante discussão sobre a escravidão na nossa história." Segundo o ministério, o objetivo é "sensibilizar quanto à importância de enfrentar toda forma ódio, preconceito e a intolerância, inclusive o racismo, além de mostrar que a sociedade brasileira é composta de descendentes de imigrantes de todas as partes do mundo, que ajudaram a construir o país que conhecemos hoje."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso