X
X

Diário da Região

23/12/2015 - 07h28min

São Paulo

Promotoria apura enriquecimento de investigadores

São Paulo

A Promotoria do Patrimônio Público também recebeu cópia da investigação do Gecep (Grupo Especial de Controle Externo da Polícia) e vai instaurar procedimentos para investigar enriquecimento ilícito e improbidade administrativa contra os policiais da Corregedoria da Polícia Civil suspeitos de participar do esquema de corrupção. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que o então chefe dos investigadores, Waldir Tabach, será um dos principais investigados. Segundo as apurações, Tabach seria o responsável por comandar o esquema de arrecadação de propina durante os três anos em que trabalhou na corregedoria com amplos poderes sobre todos os subordinados e, até mesmo, delegados de polícia. Uma ordem do diretor Nestor Sampaio Penteado Filho determinava que Tabach deveria ser avisado sobre todas as operações do departamento. Isso, segundo os promotores, foi um fator facilitador para a cobrança de propina de policiais corruptos em troca de proteção. Um policial civil prestou depoimento no Gecep sob proteção e afirmou que "foi o chefe dos investigadores da Polícia Civil, Waldir Tabach, que informou ao chefe dos investigadores do Deic, Sr. Toyama, que o Gecep (Grupo Especial de Controle Externo da Polícia) e policiais da corregedoria estavam chegando no local para cumprir mandados de prisão". A testemunha disse que Tabach receberia R$ 50 mil mensais só do Deic para mandar as informações e falaria com Toyama por meio de celulares que ninguém sabe o número. A Secretaria da Segurança Pública informou, por meio de nota, que "determinou imediatamente a abertura de Processo Administrativo Disciplinar e de inquérito policial para apurar todos os fatos apontados pelo Ministério Público. Após a instauração, foi determinado o afastamento de todos os policiais envolvidos." O novo corregedor, delegado Domingos Paulo Neto, assumiu o cargo na terça-feira, 22. Além de instaurar investigações disciplinares e criminais contra os suspeitos, também recebeu a determinação de trocar toda a equipe da corregedoria e trazer pessoas da sua total confiança. No lugar dele, no Decap, foi designado o delegado Ismael Rodrigues. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso