X
X

Diário da Região

06/02/2015 - 09h15min

São Paulo

Prêmios de interpretação garantem o glamour do Oscar

São Paulo


É sempre a parte mais glamourosa do Oscar - os prêmios de interpretação. Este ano, está havendo uma grita generalizada na América. Os afro-americanos sentem-se discriminados. As mulheres, também. Entre 20 indicados para os prêmios de interpretação - melhor ator e atriz, melhores coadjuvantes -, não há um só negro. É a terceira vez, desde 1988, que isso ocorre. Entre os roteiristas e diretores finalistas, não há uma mulher. A hashtag #OscarsSoWhite tem deitado e rolado.

Em Cannes, no ano passado, o repórter já antecipava que Steve Carell iria para o Oscar por seu papel em Foxcatcher - Uma História Que Chocou o Mundo, de Bennett Miller. Não deu outra. Mas ele não leva - os indicadores e as bolsas estão referendando Eddie Redmayne, por sua admirável criação como Stephen Hawking em A Teoria de Tudo, de James Marsh. Ele merece e tudo indica que leva - confira nos cinemas -, mas sempre se poderá dizer que houve injustiça, porque Benedict Cumberbatch consegue ser tão bom e talvez até melhor como o matemático Alan Turing em O Jogo da Imitação, de Morten Tyldum.

Também em Cannes, 2013, o repórter disse a Marion Cotillard que ela tinha uma interpretação de Oscar em Dois Dias, Uma Noite, dos irmãos Dardenne, que estreou nessa quinta, 5. Ela não foi a melhor atriz do festival, mas está entre as finalistas para o prêmio da Academia, que já ganhou por sua Piaf.
Julianne Moore é favorita por Still Alice, Para Sempre Alice, com estreia prevista no Brasil em 12/3, como uma mulher que sofre de Alzheimer. O Globo de Ouro, o Sindicato dos Atores, todos se curvaram perante Julianne. Ela já foi indicada outras vezes, e não levou. Agora, tudo indica que leva - a menos que seja atropelada por Marion. A francesa, afinal, é queridinha da Academia, e se Julianne ganhou nos outros foros é porque ela não concorria.

Tem gente que se pergunta o que Laura Dern faz entre as candidatas a melhor coadjuvante, por Livre? Quem assim pensa se engana, porque ela é ótima como a mãe de Reese Whiterspoon no filme de Jean-Marc Vallée. Meryl Streep, a bruxa cantora de Caminhos da Floresta, de Rob Marshall, está lá pro forma, para fazer valer seu imenso prestígio, mas tudo indica que Patricia Arquette vai bisar seu Globo de Ouro de coadjuvante por Boyhood - Da Infância à Juventude, de Richard Linklater. Melhor ator coadjuvante? Sorry, mas não tem para ninguém. J.K. Simmons é a grande aposta, por Whiplash - Em Busca da Perfeição, de Damien Chazelle.

Já que se trata de um prêmio da indústria, mas também porque se trata de uma fotografia admirável, a de Invencível, de Angelina Jolie, deveria ganhar.
O ano passado registrou uma queda de 5,2% no box-office dos Estados Unidos, mas dezembro, paradoxalmente, registrou uma melhora em relação a 2013. Mais gente, cerca de 7%, foi aos cinemas no fim do ano. Principalmente, para ver o filme de Angelina e O Hobbit 3, de Peter Jackson, que são (muito) bons. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso