Diário da Região

08/10/2012 - 19h00min

Santos, SP

PM mobiliza-se contra onda de mortes em Santos-SP

Santos, SP

O comando da Polícia Militar (PM) do Estado de São Paulo começou a se mobilizar contra uma série de assassinatos que aconteceram na Baixada Santista. Na madrugada deste domingo, um sargento foi morto e, em apenas quatro dias, ao menos outros 13 assassinatos foram registrados na região. Neste domingo, o secretário de Estado da Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, e o comandante da PM, coronel Roberval Ferreira França, reuniram-se na sede do comando da polícia em Santos para tomar uma série de providências.

A primeira medida de emergência foi o encaminhamento de policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) para reforçar o policiamento da região e sem data para que o grupamento retorne à capital paulista. Os assassinatos começaram na quinta-feira (04), quando sete pessoas foram mortas em um intervalo de 20 horas no Distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá.

No fim de semana, os crimes voltaram a se repetir, ocasião em que mais sete foram assassinados, dentre os quais o sargento da Força Tática do 6.º Batalhão de PM. O policial foi morto com vários tiros de fuzil, em frente ao bufê de propriedade da mulher dele, no bairro da Ponta da Praia. O militar passeava com o cachorro por volta da meia-noite. Um segurança do estabelecimento, que tentou socorrer o sargento, também foi morto. De acordo com testemunhas, que não quiseram se identificar, os suspeitos ocupavam um carro preto, de luxo, e estavam encapuzados. Durante o enterro do sargento, no fim da tarde deste domingo, alguns companheiros de farda afirmaram que ele recebia ameaças de morte.

Depois de quatro horas, uma ação semelhante aconteceu na Vila Mathias, também em Santos, onde outras três pessoas foram mortas: o cabeleireiro Fábio Manoel França, de 29 anos, o discotecário José Rodrigo de Pina Júnior, de 25, e a estudante Melissa Gouveia, de 36. Todos foram executados com armas de calibres 38 e 9 milímetros. Os criminosos também ocupavam um carro preto.

Do outro lado da cidade, no bairro da Areia Branca, uma casa foi invadida e um casal foi alvejado. Carlos Roberto de Jesus, de 53 anos, morreu na hora. Já a namorada dele, Tatiane Fonseca de Oliveira, de 27, conseguiu escapar, depois de levar um tiro na perna. Quase no mesmo horário, um homem não identificado foi morto no Morro do Saboó, na entrada da cidade. A ocorrência foi registrada em boletim no 1.º Distrito Policial (DP).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso