X
X

Diário da Região

18/02/2015 - 13h32min

São Gonçalo

Passageiro tentou saltar do ônibus com corpo em chamas, diz testemunha

São Gonçalo


Ao menos oito pessoas morreram carbonizadas e oito ficaram feridas após um ônibus bater em um poste e pegar fogo na Rua Getúlio Vargas, no bairro Santa Catarina, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira, 18, informa do 7º Batalhão de Polícia Militar (Alcântara).

Cinco passageiros feridos foram levados para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo e o motorista do ônibus, Waldnei Rangel, o cobrador Ângelo Gomes da Silva e uma jovem de 17 anos foram levados para a Casa de Saúde São José dos Lírios. Ainda não há informações sobre o estado de saúde deles. O ônibus, da linha 532 da Viação Mauá, fazia o trajeto entre as cidades de Niterói e São Gonçalo, ambas pertencentes à região metropolitana do Rio.

O frentista Joel Guimarães que trabalha em um posto de gasolina em frente ao acidente e havia acabado de chegar ao trabalho por volta das 5h30, afirmou que o ônibus trafegava em alta velocidade e, ao desviar de um veículo que vinha na direção contrária logo depois de uma curva, deslizou por causa do acúmulo de lama resultante de um temporal na noite anterior. Ele tentou instruir as vítimas a pular do coletivo, mas disse que o fogo se espalhou muito rápido.

"Foi um estrondo, um clarão e os passageiros começaram a gritar pedindo socorro. Saímos correndo e pegamos os extintores para tentar socorrer as vítimas", disse Guimarães, que estava acompanhado de outro frentista, Leandro Dias, na hora do acidente.

"Uma das vitimas tentou sair do ônibus com o corpo em chamas e a gente tentou falar para ele pular, mas ficou preso pela mochila", recordou o frentista. "A última cena que ficou marcada na mente foi essa. Pelo menos tentar salvar mais uma vítima."

No local do acidente, o ajudante de pedreiro Carlos Alexandre Ferreira estava com o tio, o também auxiliar de pedreiro Egivaldo Ferreira, buscando informações sobre a irmã, que estaria no coletivo. Emocionado, ele disse que um celular dela foi encontrado no local. Ele soube do acidente pela imprensa. "Ligamos para o trabalho da minha irmã e disseram que ela não chegou", contou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso