X

Diário da Região

12/07/2015 - 17h31min

São Paulo

Partido Syriza está em choque com as novas demandas dos credores, diz jornal

São Paulo

O partido de esquerda, Syriza, que comanda o governo da Grécia, está exibindo sinais de desintegração com as novas demandas dos credores internacionais para garantir um terceiro resgate para o país, de acordo com o jornal britânico The Guardian. A exigência pelo Eurogrupo de que as reformas econômicas sejam aprovadas pelo Parlamento da Grécia e tornadas leis até quarta-feira foram descritas como "absoluta chantagem" por líderes do partido e foram recebidas com atordoamento e incredulidade. Segundo o The Guardian, apesar de fontes próximas ao primeiro-ministro, Alexis Tsipras, afirmarem que o líder está determinado a fazer tudo o que for necessário para manter a Grécia na zona do euro, o tumulto político é forte. É possível que ocorram mudanças nos gabinetes nesta segunda-feira, com a substituição de ministros que recusaram-se a votar a favor do pacote de austeridade no sábado. "O que é certo é que teremos um desenvolvimento político dramático", afirmou Niko Bistis, político veterano de centro-esquerda. "Basicamente, o Syriza está agora dividido em dois", comentou. O jornal britânico afirma que ficou claro neste domingo que a mudança de postura de Tsipras, que aceitou medidas que já havia rejeitado veementemente, produziu uma divisão em seu partido com possíveis consequências. Além de perder o apoio de 17 parlamentares na votação de sábado, outros 15 parlamentares, incluindo dois ministros, também indicaram que não irão aprovar o acordo em sua totalidade quando for colocado em votação. A resistência levanta a possibilidade de Tsipras ser forçado a convocar novas eleições no país - uma medida, que, segundo o The Guardian, pode ser catastrófica para a Grécia. "A Grécia pode aguentar até certo ponto", disse Aristides Hatzis, comentarista político. "Mas depois desse ponto, não há como flexionar, só quebrar. O momento da quebra pode ocorrer quando Tsipras se der conta de que perdeu a maioria de seu apoio no Parlamento", comentou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso