X
X

Diário da Região

08/12/2015 - 14h15min

Caracas

Oposição da Venezuela diz que pode ter maioria de dois terços no Legislativo

Caracas

A oposição venezuelana está mais perto de atingir a marca de dois terços de representantes no Legislativo, em uma dura derrota para o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), em meio à crise econômica nacional. A coalizão oposicionista Mesa da Unidade Democrática assegurou pelo menos 107 das 167 cadeiras da Assembleia Nacional, enquanto o PSUV obteve 55, segundo os números mais recentes do Conselho Eleitoral Nacional. Duas vagas ainda não estão definidas e há três para representantes apartidários dos indígenas. De acordo com a oposição, esses cinco representantes se alinharão a ela, de acordo com informações de agências estaduais eleitorais e outras fontes. Ninguém no governo contestou as alegações da oposição, ainda que a autoridade federal eleitoral não tenha publicado os resultados completos. Adversários políticos e o governo dos EUA têm dito que Caracas deve divulgar logo as informações restantes. Independentemente do quadro final, o resultado já é um terremoto político para a oposição e o chavismo, movimento político fundado pelo falecido presidente Hugo Chávez. Com a nova configuração, a oposição tem poderes para realizar emendas na Constituição, nomear membros na Suprema Corte ou até convocar um referendo sobre o possível fim do mandato de Maduro e para convocar novas eleições. Isso poderia, obviamente, gerar mais confrontos políticos, em um país já muito dividido. A economia venezuelana sofre com o declínio dos preços do petróleo. Neste ano, o Produto Interno Bruto (PIB) do país deve encolher 10%, após recuar 4% no ano anterior, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). A maioria dos economistas prevê que no próximo ano a economia venezuelana encolha cerca de 6%, no que seria a pior contração no país desde a Grande Depressão. A inflação, enquanto isso, está na casa dos 200% ao ano e previsões apontam que pode atingir entre 350% e 800% em 2016. Há problemas com falta de alimentos, uma moeda que perdeu 81% de seu valor em 2015 e o mercado paralelo, além da segunda maior taxa de homicídios no mundo. Entre os passos que podem ajudar a estabilizar a economia estaria elevar o preço da gasolina mais barata do mundo, eliminando subsídios que custam ao governo cerca de US$ 12 bilhões ao ano. Também deve haver mudanças no sistema cambial, que produziu quatro taxas de conversão do dólar, e afrouxar os controles de preços, que ajudam os pobres, porém geram desabastecimento. Maduro, porém, tem evitado adotar essas medidas. Para o governo, a vitória opositora foi parte de uma "guerra econômica" lançada por companhias e interesses estrangeiros, e não erros no gerenciamento do quadro. Com dois terços, a oposição poderia convocar uma Assembleia Constituinte e reescrever a Constituição. Para organizar um referendo popular sobre o presidente, porém, seria preciso recolher assinaturas de 20% dos 19 milhões de eleitores venezuelanos registrados, o que abriria caminho para uma nova eleição. A oposição diz, por ora, que o primeiro passo é agir para resolver problemas como o desabastecimento e as longas filas para comprar alimentos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso