X

Diário da Região

03/05/2015 - 10h14min

Yola

Mulheres recebem assistência no primeiro dia fora da zona de guerra na Nigéria

Yola

Centenas de meninas e mulheres, muitas desnorteadas e traumatizadas, estão recebendo alimentos e medicamentos no primeiro dia após terem deixado a zona de guerra na Nigéria. O grupo de 275 mulheres e crianças foi resgatado das mãos do grupo extremista Boko Haram. As resgatadas fazem parte de um total de quase 700 pessoas retiradas do controle do Boko Haram na última semana pelo exército nigeriano. É o primeiro grupo a chegar com segurança ao campo de refugiados de Malkohi na cidade de Yola. Neste domingo, autoridades ainda estão registrando as 61 mulheres e 214 crianças, quase todas meninas. Muitos bebês subnutridos estão recebendo tratamento na clínica e 21 pessoas foram hospitalizadas por terem ferimentos a bala e fraturas. Por meio de entrevistas, oficiais tentam determinar de onde vieram as mulheres e crianças. Não parece que nenhum dos resgatados sejam do grupo de mais de 200 meninas estudantes sequestradas pelo Boko Haram há um ano. O grupo foi resgatado por militares na floresta de Sambisa, região controlada pelos extremistas islâmicos, e tiveram que viajar por três dias em caminhões militares até chegar ao campo de Malkohi. No sábado à noite, quando chegaram ao campo de refugiados, as mulheres e crianças pareciam exaustas demais para perceber que estavam em segurança ou para serem questionadas sobre a experiência delas sob o domínio do Boko Haram. Entre os primeiros a chegar no campo, havia uma recém-nascida. "O Boko Haram matou o pai desta criança", disse Lami Musa a Associated Press enquanto embalava uma menina. Lágrimas escorreram quando ela foi perguntada se tinha outros filhos. "Três", afirmou. "O Boko Haram matou meu marido e me levou, não faço ideia de onde meus outros filhos estão", completou. Ela perdeu a família num ataque ao vilarejo de Lassa em dezembro. Fonte: Associated Press.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso