X
X

Diário da Região

14/10/2015 - 19h34min

São Paulo

Justiça do Trabalho proíbe Santa Casa de fazer novas demissões de médicos

São Paulo

A Justiça do Trabalho determinou nesta quarta-feira, 14, que a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo não pode demitir médicos até esta quinta, 15, quando será realizada uma audiência de conciliação entre a entidade e o sindicato que representa a categoria. O processo de demissão, que vai atingir 184 médicos, teve início nessa terça, 13, e vai afetar 1.397 funcionários no total. A decisão foi do desembargador Wilson Fernandes, que é vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. "Os médicos não fizeram acordo e estão pedindo a suspensão das demissões e a reintegração dos dispensados. Quero ouvir o que a Santa Casa tem a dizer sobre isso. A minha preocupação é que essas dispensas gerem contratação de servidores terceirizados, o que resulta na precarização da profissão." Fernandes diz que, após a audiência, vai definir se a liminar será estendida e qual pode ser o novo prazo ou se sindicato e entidade vão entrar em um acordo. Presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Eder Gatti diz que não sabe quantos profissionais já foram desligados. "A maioria dos médicos foi demitida ontem. Não sei precisar quantos desses 184 serão beneficiados pela liminar. A ideia é levar a questão para a Justiça do Trabalho e revisar essa situação. Nosso objetivo é reverter as demissões." Gatti diz que o sindicato está aberto a negociações e que a próxima assembleia, que será realizada na sexta, 16, tem entre as pautas a possibilidade de realização de uma greve. "Pautamos a paralisação para a próxima assembleia, mas nosso objetivo é que isso não aconteça." A Santa Casa enfrenta a maior crise de sua história e contabiliza uma dívida de R$ 800 milhões. Por meio da assessoria, a Santa Casa informou que vai aguardar o resultado da audiência para se posicionar sobre o assunto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso