X
X

Diário da Região

22/09/2015 - 11h57min

Bruxelas

Espanha defende aprovação pela maioria do plano para realocar imigrantes

Bruxelas

O ministro do Interior da Espanha, Jorge Fernandez Diaz, disse que espera que a União Europeia (UE) concorde com o plano para realocar 120 mil imigrantes em todo bloco, mas que a proposta deve ser aprovada em votação pela maioria, e não pela unanimidade. Tal votação, que se sobrepõe à forte oposição dos governos europeus menores da região central e oriental, seria uma medida drástica. Isso poderia levar a discordância a um novo patamar, a criação de mais confrontos no futuro. Falando a repórteres no caminho para uma reunião de emergência com os ministros do Interior sobre a questão, em Bruxelas, Diaz disse que, após horas de reuniões entre autoridades dos Estados membros sênior, "acredito que é possível chegar a um acordo". "Se não for unânime, poderia ser por maioria qualificada", disse ele referindo-se a maioria simples necessária para aprovar algumas decisões da UE. Ele disse que a realocação dos imigrantes aconteceria em duas etapas. Na primeira fase, 66 mil pessoas seriam levadas da Itália e da Grécia e realocadas a outros Estados membros. Na segunda etapa, os imigrantes restantes, cerca de 54 mil, seriam realocados. Segundo a proposta da Comissão Europeia, 54 mil requerentes de asilo que tinham sido registrados na Hungria teriam sido enviados para outro local dentro da UE. Mas o governo do primeiro-ministro, Viktor Orban, rejeitou o plano, dizendo que iria incentivar mais a imigração e que a cultura da Europa iria ser diluída, permitindo a entrada de mais muçulmanos. O plano para realocar 120 mil pessoas é uma peça central dos planos da UE para dar resposta ao maior afluxo de imigrantes desde o fim da II Guerra Mundial. No entanto, mesmo se aprovada, a proposta só vai partilhar o fardo de uma pequena parcela do número total de requerentes de asilo em 2015, um total que já supera 500 mil, de acordo com dados oficiais. A agência de refugiados da ONU, a Acnur, apelou à União Europeia para chegar a um acordo nesta semana para realocar 120 mil imigrantes. "Esta pode ser a última oportunidade para uma resposta europeia coerente", disse a porta-voz da Acnur, Melissa Fleming. Fonte: Dow Jones Newswires.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso