X
X

Diário da Região

27/08/2015 - 13h03min

São Paulo

Chuva em São Paulo afeta metrô e causa congestionamento

São Paulo

A capital paulista amanheceu cinzenta nesta quinta-feira, 27, com chuva que varia de leve a moderada em todas as regiões. O tempo chuvoso afetou a circulação de trens do Metrô e causou congestionamentos acima da média na capital paulista. As linhas 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás do Metrô operavam com velocidade reduzida por volta das 12 horas. A cidade também registrava 135 quilômetros de lentidão no mesmo horário, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O valor representa 18% das vias monitoradas pela CET e é superior à média para o horário (7,5%). A previsão aponta que as precipitações vão parar até o final do dia, segundo a meteorologista do Climatempo, Fabiana Weykamp. O índice de umidade do ar está em cerca de 70%. A cidade de São Paulo enfrenta um período de instabilidade por causa do deslocamento de uma frente fria que atravessa o Estado, responsável pela chuva generalizada. Esta zona de transição entre massas de ar quente e frio é a terceira que atinge a capital somente em agosto. A primeira ocorrência foi registrada há uma semana e interrompeu o calor excessivo e a baixa umidade do ar. Já a segunda teve início na segunda-feira, 24, e permaneceu até terça-feira, 25. Às 10h50 desta quinta, os termômetros marcavam, em média, 16ºC. A expectativa é de que a temperatura continue amena, com máxima em torno de 20ºC. De acordo com o Climatempo, os termômetros devem subir no meio da tarde, às 15 horas. Segundo o meteorologista do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), Thomaz Garcia, na sexta-feira, 28, haverá predomínio de céu nublado, sem precipitação na cidade. A temperatura deve variar entre 13ºC e 23ºC. No fim de semana, os dias devem começar com nevoeiro e frio, mas o sol aparecerá ainda pela manhã, fazendo com que a sensação térmica chegue aos 28ºC. Por essa razão, a umidade relativa do ar deve cair no domingo, 30, à tarde. O mesmo deve ocorrer na segunda-feira, 31, quando a capital provavelmente não receberá nenhuma gota de chuva. Agosto é considerado o auge da seca durante o inverno no Brasil. Os meteorologistas esclarecem que a fase de instabilidade deve ter fim com o início da primavera, no dia 23 de setembro.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso