X
X

Diário da Região

25/08/2015 - 17h45min

Rio

Casal morre após carro ser alvejado por 39 tiros de fuzil, no Rio

Rio

Uma mulher morreu e seu marido está hospitalizado em estado grave após o casal ser alvejado por criminosos em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, no fim da noite desta segunda-feira, 24. O carro onde estavam foi atingido por 39 tiros de fuzil - 10 só no vidro da frente. A representante comercial Eliana Guerreiro Mascarenhas, de 60 anos, estava no banco do carona. Atingida, foi levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos. Roberto dos Santos Melandre, de 56, está internado na mesma unidade. Seu estado é considerado muito grave, informou a Secretaria Estadual de Saúde. As vítimas ocupavam um Chevrolet Spin branco, e seguiam pela Rua Felipe Mascarenhas. Seu destino era um posto de combustíveis na região, onde buscariam uma amiga. A Polícia Civil diz que existe a hipótese de Eliana e Melandre terem sido confundidos com outro alvo. De acordo com testemunhas, dez criminosos teriam chegado em três carros e duas motos e, fortemente armados, iniciaram os disparos. Nenhum pertence do casal foi roubado. Os investigadores vão agora analisar imagens do posto de gasolina que fica em frente ao local do crime. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. A perícia foi realizada ontem, e detectou que foram disparados contra o veículo tiros de fuzis AR 15 e AK 47. O local onde o casal foi alvejado fica entre duas comunidades de São Gonçalo dominadas pelo tráfico de drogas, a favela da Alma e a favela do Miriambi. Em entrevista à Rede Globo, o filho das vítimas, o motorista Marcelo Mascarenhas, de 40 anos, disse que a família estava pensando em se mudar por causa da violência. "Já estávamos conversando a respeito e estávamos tomando algumas decisões para poder sair, porque não está dando para sobreviver no Rio. E aqui em São Gonçalo, Niterói, Itaboraí, Baixada Fluminense está abandonado. Hoje a gente está entre duas áreas perigosas. É briga constante e a gente fica no meio, fogo cruzado", lamentou Mascarenhas.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso