X
X

Diário da Região

19/01/2015 - 15h01min

Sorocaba

'Big brother' animal monitora estresse do lobo-guará em zoológico de Sorocaba

Sorocaba


Oito câmeras de vídeo gravam ininterruptamente os movimentos de quatro lobos guarás - um casal e dois filhotes - que vivem no Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, de Sorocaba, cidade do interior de São Paulo.

O 'big brother' animal faz parte de uma pesquisa inédita no Brasil, segundo a prefeitura, em busca de informações sobre a influência da visitação no comportamento dos animais. O resultado pode levar o zoo de Sorocaba e outros zoológicos brasileiros a limitar o número de visitantes para reduzir o estresse dos bichos.

De acordo com o veterinário Rodrigo Teixeira, diretor do zoo, os gestores de zoológicos já discutem a fixação de um limite para a presença de visitantes nesses locais em nome do conforto dos animais cativos. "Quantas pessoas cabem num zoológico num domingo de sol? Com essa pesquisa teremos informações técnicas para chegar a um número que seja bom para os animais e para a equipe técnica que cuida deles", explicou.

O trabalho científico, a cargo da pesquisadora Angélica Vasconcelos, professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig). A fase de campo se encerra esta semana, mas a análise das imagens e a complementação da pesquisa devem levar dez meses.

As câmeras cobrem os 250 m2 da área de exposição dos lobos-guarás e o dormitório, com 16 m2. Um equipamento adicional monitora e contabiliza os visitantes. As câmeras são dotadas de contadores de decibéis, o que permitirá avaliar também a influência do barulho no comportamento dos espécimes.

Ameaçado de extinção na natureza, o lobo-guará está entre os bichos mais sensíveis às inconveniências do cativeiro, por isso, além da observação, será pesquisada a presença de cortisol nas fezes dos animais.

De acordo com Teixeira, a medição do nível dessa substância no organismo do lobo permite avaliar se ele está mais ou menos feliz em seu recinto. A análise vai indicar, por exemplo, se o lobo ficou estressado após um fim de semana de visitação intensa.

O zoo de Sorocaba foi pioneiro em reprodução do lobo-guará em cativeiro e desde o final dos anos 1980 contribui para o Plano de Ação Nacional para Conservação do Lobo-guará do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Os dois filhotes que, com os pais, são objeto da pesquisa, nasceram no zoo no ano passado.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso