X

Diário da Região

23/06/2015 - 12h48min

Washington

Biden pede conversas diplomáticas "honestas e diretas" com a China

Washington

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, emitiu avisos indiretos sobre o comportamento da China no ciberespaço em meio a uma escaladas das tensões entre as duas nações. Ele pediu ainda que as conversas diplomáticas dos EUA e da China sejam "honestas e diretas" durante o encontro bilateral entre as duas maiores economias do mundo. Biden fez as declarações na abertura do 7º Diálogo Estratégico e Econômico EUA-China, que ocorre em Washington. Ele clamou para que os EUA e a China encontre fórmulas para colaboração mútua, embora os países discordem de vários pontos. O vice-presidente dos EUA também levantou preocupações sobre a suspeita de espionagem econômica por parte da China. As tensões entre os países aumentaram drasticamente após autoridades norte-americanas afirmarem que hackers chineses estariam por traz do vazamento de dados de milhares de funcionários públicos dos EUA. "As nações que usam as armas econômicas e tecnológicas para lucrar com o roubo de propriedade intelectual estão sacrificando ganhos de amanhã por ganhos de curto prazo hoje", afirmou. "Eles diminuem a capacidade de inovação e determinação de seu próprio povo quando eles não recompensam e protegem a propriedade intelectual." Biden também advertiu que a China mantenha vias navegáveis internacionais abertas para o comércio, em uma repetição da discurso de outras autoridades dos EUA, que se mostraram preocupadas com a construção de ilhas artificiais no Mar do Sul da China. "Os países devem aderir ao direito internacional e trabalhar juntos para manter intactas rotas marítimas internacionais para o comércio", disse Biden. "A noção de que rotas marítimas devem estar abertas e protegidas é ainda mais crucial hoje que em qualquer momento da história da humanidade, por causa da globalização." O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, também falou durante a abertura das negociações, e disse que os EUA desejam conversas francas sobre segurança cibernética. "Estamos ansiosos para uma discussão muito franca sobre segurança cibernética e outras preocupações em curso", disse Kerry. A delegação dos EUA é liderada por Biden, Kerry e pelo secretário do Tesouro, Jacob Lew. Já a chinesa é composta pelo vice-premiê, Wang Jang, e o conselheiro de Estado, Yang Jiechi. Cerca de 400 funcionários chineses estão em Washington para participar do evento. Fonte: Dow Jones Newswires.W

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso