X
X

Diário da Região

11/10/2016 - 10h42min

Recall

Após explosões de baterias, Samsung encerra produção do Galaxy Note 7

Recall

NULL De acordo com a companhia, 24 aparelhos explodiram por problemas na bateria (foto: Reprodução/Youtube)
De acordo com a companhia, 24 aparelhos explodiram por problemas na bateria (foto: Reprodução/Youtube)

A fabricante de smartphones Samsung está descontinuando o Galaxy Note 7, depois de problemas na bateria que levaram a um recall de 2,5 milhões de unidades no mundo. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a empresa entregou um posicionamento na bolsa de valores sul-coreana no final da noite de ontem que disse ter tomado uma "decisão final" para parar a produção do smartphone.

Na prática, isso significa que a companhia decidiu não produzir o aparelho, que era considerado o mais avançado da linha lançada neste ano.

Procurada pela reportagem, a Samsung não confirmou que encerrou de vez a produção do smartphone que estava previsto para chegar ao País em 23 de setembro, mas teve seu lançamento adiado indefinidamente.

Nesta segunda-feira à noite, a fabricante divulgou um comunicado em que pediu que todas as operadoras, parceiros e varejistas globais interrompam as vendas e trocas do Galaxy Note 7, "enquanto as investigações estão em andamento". De acordo com a empresa, a equipe "continua empenhada em trabalhar com as autoridades reguladoras para tomar todas as medidas necessárias para resolver essa situação."

É a segunda vez que a Samsung divulgou um comunicado do tipo -- a primeira foi antes de convocar o primeiro recall. A medida foi necessária quando, mesmo depois do recall, novos relatos de superaquecimento do smartphone surgiram. Houve, até mesmo, uma ocorrência de ameaça de explosão, quando um Galaxy Note 7 soltou fumaça durante um voo nos Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, informações sobre avisos aos fornecedores de componentes do aparelho começaram a surgir na imprensa sul-coreana, um indicativo de que a empresa havia paralisado a produção do smartphone novamente.

O encerramento da produção do acontece um dia depois que a empresa iniciou o recall do smartphone na China. A princípio, a empresa afirmou que os modelos vendidos no país asiático continham baterias fabricadas por outros fabricantes, que não estavam relacionados com a falha no aparelho. A empresa, no entanto, voltou atrás na decisão, pois a decisão de não fazer o recall apenas na China desagradou os consumidores.

Custo alto

De acordo com a agência de notícias Reuters, o pior recall de smartphones da história deve custar US$ 17 bilhões, o que equivale às perdas nas vendas de 19 milhões de aparelhos que a empresa esperava vender nos próximos meses, de acordo com analistas. Para eles, a Samsung deve "pular" para a nova geração do dispositivo para minimizar os danos à marca. "No pior cenário, o governo dos EUA poderia concluir que o produto tem falhas e, então, poderia banir as vendas", disse o analista da HI Investment Securities.

O valor representa um crescimento bastante expressivo em relação aos US$ 5 bilhões de perdas estimados por analistas quando a Samsung convocou o recall. "Isso deve ter 'matado' a marca Galaxy Note 7", disse o diretor da consultoria Charter Equity Research.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso