X
X

Diário da Região

06/09/2015 - 13h28min

Washington

Acordo nuclear com o Irã ganha apoio de Colin Powell e de chefe democrata

Washington

Já consolidado no Congresso norte-americano, o acordo nuclear com o Irã ganhou mais força neste domingo, com o apoio anunciado pelo ex-secretário de Estado, Colin Powell, e pela deputada Debbie Wasserman Schultz, chefe do Comitê Nacional Democrata. Powell, que foi secretário de Estado no governo do presidente George W. Bush, chamou o acordo de "um negócio muito bom", que vai reduzir o risco de posse de uma arma nuclear pelo Irã. O programa nuclear do Irã "foi desviado", tornando menos provável que o país asiático possa produzir uma arma nuclear para ser usada contra Israel ou em outros países, afirmou Powell. "Então, isso é muito bom ", disse ele à NBC. Wasserman Schultz disse que a decisão de apoiar o acordo foi a mais difícil que ela tomou em quase 23 anos de cargos públicos. A legisladora judaica escreveu no The Miami Herald que, mesmo tendo preocupações sobre o acordo, o negócio "proporciona a melhor oportunidade para garantir" segurança para os EUA, Israel e outros aliados. "Com o acordo, o Irã não será capaz de produzir uma bomba nuclear durante pelo menos 10 a 15 anos '', disse ela, enquanto os EUA e seus aliados "serão capazes de terem maior concentração sobre como parar as atividades terroristas do Irã". A Casa Branca já conquistou os votos necessários no Senado - todos do Democratas - para garantir que o Congresso vai aprovar o acordo, mesmo que o presidente Barack Obama que vetar um conjunto de resoluções para que a votação aconteça ainda essa semana. Com o apoio crescente para aprovar o acordo, a Casa Branca e seus aliados no Congresso querem atingir uma meta mais ambiciosa: ter votos suficientes para impedir uma resolução de desaprovação no Senado, por meio de regras internas que impeçam inclusive que essas resoluções cheguem á pauta de votações. Esse esforço sofreu um revés na sexta-feira, já que o senador Ben Cardin, líder democrata no Comitê de Relações Exteriores do Senado, disse que era contra o acordo. Fonte: Associated Press.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso