X
X

Diário da Região

03/04/2015 - 02h32min

Corinthians

'Tite europeu' explica o sucesso do Timão

Corinthians

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians Tite jogará com time reserva contra o XV de Piracicaba
Tite jogará com time reserva contra o XV de Piracicaba

Os números do Corinthians neste início de temporada são impressionantes. Invicto há 21 jogos, o time faz a melhor campanha no Campeonato Paulista nos últimos 45 anos e tem o melhor começo de Copa Libertadores (fase de grupos) da sua história, com quatro vitórias seguidas. O ótimo rendimento da equipe pode ser creditado ao ano sabático do técnico Tite.

Desempregado, em 2014 ele foi à Europa assistir a jogos e buscar inspiração. Após mais uma boa atuação de Emerson contra o Danubio, do Uruguai, na quarta-feira, na goleada por 4 a 0, no Itaquerão, o treinador revelou, por exemplo, que o posicionamento do atacante, pelas beiradas do campo, foi inspirado no holandês Robben, do Bayern de Munique. "Sem guardar a qualidade, mas olha o Robben. 

O que faz um, dá para o outro fazer. O 4-1-4-1 dá essa possibilidade", explicou o treinador. O esquema 4-1-4-1, inclusive, foi tema de conversa de Tite com o italiano Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid, durante a sua passagem pela Espanha no ano passado. Os dois trocaram ideias sobra o posicionamento e a movimentação dos atletas dentro desta formação tática. Tite agora realiza apenas treinos em campo reduzido, como costumam trabalhar as equipes da Europa. 

Seu pedido é que os jogadores troquem passes curtos e rápidos e busquem triangulações a todo instante, a fim de confundir o adversário. O treinador corintiano também aboliu com os tradicionais "rachões" nas vésperas das partidas. Enquanto a maioria dos técnicos no Brasil usam o último treino antes dos jogos para descontrair o elenco, Tite segue o "padrão europeu" e prefere ensaiar jogadas de bola parada.

Elias

O volante se pronunciou sobre as injúrias raciais que teria recebido do zagueiro Cristian González, do Danubio. O jogador, por meio de sua assessoria de imprensa, revelou que ficou revoltado com o episódio. A discussão entre os dois jogadores ocorreu aos 24 minutos do primeiro antes, antes de o time paulista abrir o placar. "Antes da cobrança da falta, fui chamado de macaco pelo González Após o gol, durante a comemoração, ele repetiu o insulto, desta vez com gestos imitando um macaco", disse. Elias não quis registrar boletim de ocorrência.

 

 


 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso