Diário da Região

05/09/2011 - 16h43min

Londres

Sob comando de Ronaldinho, Brasil bate Gana

Londres

Mowa Press/Terra Leandro Damião brilhou ao anotar o único gol da vitória da Seleção Brasileira
Leandro Damião brilhou ao anotar o único gol da vitória da Seleção Brasileira

A seleção brasileira entrou em campo pressionada nesta segunda-feira. Como vinha de resultados ruins, com a eliminação precoce na Copa América e a derrota para a Alemanha, o trabalho do técnico Mano Menezes já começava a ser questionado. Mas o Brasil venceu o amistoso contra Gana por 1 a 0, no acanhado Estádio Craven Cottage, em Londres, e aliviou um pouco a pressão.

Preocupado justamente com a pressão que a renovada seleção brasileira vinha sofrendo, Mano Menezes promoveu nesta segunda-feira o retorno de Ronaldinho Gaúcho ao time - ele não defendia o Brasil desde novembro, na derrota para a Argentina. Embalado pela boa fase no Flamengo, o astro de 31 anos comandou a equipe na vitória sobre Gana, mostrando que voltou para ficar.

Uma das maiores forças do futebol da África, Gana entrou em campo nesta segunda-feira com alguns desfalques importantes e desgastada por ter jogado na última sexta, quando venceu a Suazilândia em casa pelas Eliminatórias da Copa Africana das Nações. Mesmo assim, o Brasil comemorou bastante a vitória, que foi a quarta em quatro confrontos já realizados contra os ganeses.

Agora, o Brasil fará dois amistosos seguidos contra a Argentina, nos dias 14 e 28 de setembro, em Córdoba e Belém, mas as duas seleções não terão jogadores que atuam na Europa. E Mano Menezes terá a chance de, enfim, conseguir ganhar de uma grande força do futebol mundial - até agora, ele perdeu para Alemanha, França e a própria Argentina, além do empate com a Holanda.

O JOGO - Com muita força física, Gana começou melhor a partida, pressionando a saída de bola adversária e levando mais perigo. Para piorar a situação do Brasil, o meia Paulo Henrique Ganso sentiu dores na coxa esquerda e pediu para sair logo aos sete minutos, dando lugar a Elias. Diante disso, as únicas chances brasileiras eram nos lances de bola parada de Ronaldinho Gaúcho.

Debaixo de incessante chuva no Craven Cottage, estádio com apenas 25 mil lugares, o jogo teve excesso de faltas duras no primeiro tempo. E, diante de tantas jogadas ríspidas, quem levou a pior foi Gana, que teve o lateral Opare expulso com apenas 33 minutos de partida. Depois disso, a seleção brasileira passou a dominar as ações e pressionou até conseguir abrir o placar.

Leandro Damião chegou a abrir o placar aos 26 minutos, numa linda jogada, mas o lance foi anulado pelo árbitro por causa do impedimento. Na segunda tentativa, porém, o atacante do Inter acabou fazendo 1 a 0 para o Brasil. Aos 44, ele recebeu um belo passe de Fernandinho e chutou forte para marcar. "É uma alegria que não tem como explicar", comemorou o jogador de 21 anos.

Como Gana tinha apenas 10 jogadores em campo, Mano Menezes resolveu adotar uma postura ainda mais ofensiva, colocando o atacante Hulk no lugar do volante Fernandinho no intervalo. Mesmo assim, a seleção brasileira enfrentou dificuldades para furar o bloqueio defensivo do adversário. Do outro lado, porém, o goleiro Julio Cesar virou um mero espectador da partida.

Aos 18 minutos, Leandro Damião teve uma ótima chance para marcar o segundo gol, mas Kwarasey fez grande defesa. Aos 34, Ronaldinho Gaúcho também quase fez o seu em cobrança de falta. Depois, Alexandre Pato acertou a cabeçada aos 39, parando novamente no goleiro. E, por fim, Ronaldinho Gaúcho ainda exigiu outra bela defesa de Kwarasey em cobrança de falta aos 43. Assim, a vitória brasileira na Inglaterra terminou mesmo no magro placar de 1 a 0.

FICHA TÉCNICA:

Brasil 1 x 0 Gana

Brasil - Julio Cesar; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e Marcelo; Lucas Leiva, Fernandinho (Hulk) e Ganso (Elias); Neymar, Leandro Damião (Alexandre Pato) e Ronaldinho Gaúcho. Técnico: Mano Menezes.

Gana - Kwarasey; Paintsil, Mensah, Vorsah e Opare; Inkoom (Tagoe), Agyemang-Badu (Adomah), Muntari (Mohammed), Boateng (Addy) e Asamoah (Annan); Ayew (Adiyiah). Técnico: Goran Stevanovic.

Gol - Leandro Damião, aos 44 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Mike Dean (Inglaterra).

Cartões amarelos - Elias, Fernandinho, Mensah, Inkoom, Addy, Boateng e Opare.

Cartão vermelho - Opare.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Craven Cottage, em Londres (Inglaterra).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso