Diário da Região

18/12/2004 - 01h47min

Olha quem chegou!

Robinho reforça o Santos na decisão

Olha quem chegou!

Rubens Cardia Robinho diz estar pronto para ajudar o Santos a conquistar o título
Robinho diz estar pronto para ajudar o Santos a conquistar o título
Alívio e descontração no Santos. O ?Rei do Drible?, que nos últimos dias andava tenso e calado, voltou a ser o Robinho maroto, ídolo da torcida santista. O semblante abatido deu espaço para um sorriso aberto, após a libertação de sua mãe, Marina Silva de Souza, 43 anos, que ficou em poder de seqüestradores durante 41 dias. Foi com essa alegria que ele se apresentou ontem em entrevista coletiva realizada no Hotel Michelangelo. Animado, o jogador deu a notícia que todos os torcedores queriam ouvir. ?Voltei a ser o Robinho de sempre, alegre e apaixonado por futebol?, afirmou o atleta que voltou com fome de bola. ?Estou aqui para ajudar meus colegas e vou no meu máximo?, disse sobre a partida de amanhã contra o Vasco, no estádio Teixeirão. Para o jogador, hoje foi um dia especial, uma vez que ele pôde voltar a abraçar a mãe e se libertou de um peso.

?Agora, estou com a cabeça em ordem e posso me concentrar pensando apenas na partida de domingo. Vontade e garra não vão faltar?, disse o santista que evitou falar sobre o seqüestro da mãe. Robinho não jogava desde o dia em que soube do seqüestro, 7 de novembro, na véspera da partida em Criciúma. A última atuação do atleta aconteceu justamente em Rio Preto, na goleada de 5 a 0 do Santos sobre o Fluminense. Dois gols foram marcados pelo camisa 7. ?Graças a Deus tenho boas lembranças daqui (Rio Preto). Consegui ter uma boa partida e saímos com a vitória. Mas, cada jogo é uma história e espero que possa ter o mesmo desempenho que tive na última partida?, diz.

O atacante desembarcou no aeroporto de Rio Preto às 17h13. A viagem no Learjet, fretado pelo Santos, durou 45 minutos da Baixada Santista a Rio Preto. O jogador desceu da aeronave e sem falar com a imprensa foi direto para uma Van que o aguardava. De camiseta e bermuda, o jogador estava animado. No aeroporto, um tímido grupo de torcedores esperava pelo jogador, mas saiu frustrado porque mal teve a oportunidade de vê-lo. Do aeroporto, o jogador seguiu direto para o Teixeirão, onde o treino havia começado há 15 minutos. Ele colocou o uniforme de treinamento e entrou em campo, onde foi aplaudido por centenas de torcedores que estavam no local. Animado, ele brincou com os colegas de equipe. O primeiro a cumprimentá-lo foi ex-jogador e auxiliar técnico Serginho Chulapa.

Santos
Antes de embarcar para Rio Preto, Robinho também participou de entrevista coletiva em Santos. Mais tranqüilo, algumas horas depois de reencontrar sua mãe que passou 41 dias em cativeiro, ele se mostrou animado para o confronto contra o Vasco. Cabelo começando a crescer, ele não mais mordia os lábios como nas entrevistas mais recentes, em que não conseguia disfarçar a tensão provocada pelo drama familiar. Sua intenção era apenas agradecer pelo apoio que recebeu nesse período, pois precisava viajar a Rio Preto. Mesmo assim, respondeu algumas perguntas. Ele contou como foi o reencontro com a mãe, que chegou em casa às 13h18 minutos. ?Ela chorou, me abraçou, me beijou, perguntou como eu estava? disse o atacante. ?Eu também pude abraçá-la e abraçar a mãe é tudo o que um filho quer na vida. Não existe nada melhor do que ver minha mãe com saúde e dando risada para mim.?

Preferiu não comentar o estado de dona Marina, dizendo apenas que ?todos sabem que a situação que ela passou é delicada e não desejo isso para ninguém, mas o importante é que ela está bem, de volta à minha família.? Robinho falou também dos momentos que passou nesses 41 dias que conviveu com o drama do seqüestro de dona Marina. ?Você vai almoçar e não sabe se a mãe está almoçando, se está jantando. Não conseguia dormir, não dava mesmo porque ficava o tempo todo pensando nela, que é a pessoa que mais amo nessa vida.? E completou: ?graças a Deus, isso foi superado. Agora espero que a gente consiga o título e vou passar um natal feliz com a minha família.?

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso