X
X

Diário da Região

07/11/2015 - 00h00min

Circuito Caixa Loterias

Rio-pretenses vão a SP para duelo paralímpico internacional

Circuito Caixa Loterias

Guilherme Baffi/Arquivo Claudiney Batista luta por medalha hoje no Ibirapuera, em SP
Claudiney Batista luta por medalha hoje no Ibirapuera, em SP

O Clube Amigos dos Deficientes (CAD/Vetnil/Smel/Novartis) disputa com oito atletas neste sábado e domingo a terceira etapa nacional do Circuito Caixa Loterias Paralímpicos, em São Paulo, no atletismo e natação. A principal esperança de pódio é o medalhista do Mundial Claudiney Batista dos Santos, que compete nas provas de arremesso de peso, lançamento de dardo e do disco, da classe F57 para deficientes físicos. Mesma classe de Jaqueline Patricia Parra e Raissa Milena Leite da Almeida, que também disputam as mesmas provas, assim como Mônica Fernanda Andrade, da classe F34 (deficiente físico).

A velocista Jerusa Geber dos Santos, da classe T11 para deficientes visuais, e seu guia Luiz Henrique Barboza da Silva, que também subiram ao pódio no Mundial de Doha, no Catar, na semana passada, buscam medalhas nas provas dos 100, 200 e 400 metros rasos. O técnico Flávio dos Santos Silva acompanha a equipe rio-pretense. A briga por medalhas se estenderá às piscinas. Na natsação, Dorivan Oliveira da Silveira luta por medalha nos 50m costas e no 50m livres da classe S5 (deficiente físico). 

Reginaldo Cardoso da Silva está confirmado nos 100m costas S13 (visual) e 100m peito. Thiago Pracherdes Odocio no S2 (físico) nada os 50m costas, 50m livres e os 50m peito. João Eduardo Alampe é o técnico da natação. Cerca de 600 atletas disputam as provas de atletismo, natação e halterofilismo. O evento começou na sexta-feira. Destaque para a quebra de dois recordes brasileiros, com Maria Rizonaide e Terezinha dos Santos. Maria ficou com a segunda colocação na categoria leve, que contou com a unificação das classes de 45 a 61kg. 

Ao erguer 79kg, ela melhorou em 1kg o próprio recorde brasileiro da categoria até 50kg. Terezinha ergueu 90kg e melhorou em dois a própria marca nacional da divisão até 67kg. O evento ainda conta com 30 estrangeiros das delegações do Equador, Islândia, Coreia do Sul, Peru, Venezuela e Chile, que já buscam índices para os Jogos Paralímpicos do Rio, no ano que vem. As fases regionais (Norte/Nordeste, Rio/Sul, São Paulo e Centro/Leste) foram disputadas entre março e maio deste ano. Esta é a terceira e última etapa nacional.

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso