X
X

Diário da Região

22/07/2016 - 00h00min

DURANTE OS JOGOS

Operação da PF prende dez suspeitos de prepararem atos terroristas

DURANTE OS JOGOS

José Cruz/Agência Brasi 21/7/2016 Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, considerou os suspeitos ‘amadores'
Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, considerou os suspeitos ‘amadores'

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse que, com a prisão de dez brasileiros suspeitos de executar “atos preparatórios” com o objetivo de realizar ações terroristas durante a Olimpíada do Rio, foram afastados “os dois únicos focos rastreados” de possibilidade de terrorismo durante os Jogos. O outro foi neutralizado, segundo o ministro, com a deportação do físico franco-argelino Adlène Hicheur, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na sexta-feira.

Denominada Operação Hashtag, a ação investiga possível participação de brasileiros em uma “célula terrorista” que poderia estar ligada ao Estado Islâmico (EI). Dois supostos terroristas ainda estão foragidos. Os 12 mandados de prisão, dois de condução coercitiva e 19 de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz da 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, Marcos Josegrei da Silva, que pela primeira vez se valeu da Lei 13.260/2016, conhecida como Lei Antiterror.

Embora os presos tenham sido considerados “extremamente amadores” pelo ministro, investigadores dizem que o grupo preocupa porque os terroristas não têm agido mais de forma organizada como ocorreu em 11 de setembro, nos Estados Unidos. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, classificou, em entrevista coletiva no Rio, como “uma porralouquice” a ação do grupo. Os investigadores, no entanto, acreditam que “pelo histórico é com os ‘porra loucas’ que temos que tomar cuidado”.

Em um primeiro momento, a ação seria mantida em sigilo, mas a mulher de um dos alvos, Vitor Barbosa Magalhães, também conhecido como Vitor Abdullah, compartilhou a informação sobre a prisão de seu marido nas redes sociais. Por conta disso, o Ministério da Justiça convocou uma coletiva de imprensa para anunciar a ação.

SIMULAÇÃO/ATENTADO Simulação de atentado terrorista realizada no aeroporto de São José dos Campos.

O ministro da Justiça não divulgou o nome dos dez presos. A reportagem confirmou a identidade de sete: Hortencio Youshitake, Israel Pedra Mesquita, Levi Ribeiro de Jesus, Marco Mario Duarte, Mohamad Mounir Zakaria, Valdir Pereira da Rocha e Vitor Barbosa Magalhães.

Segundo a mulher de Magalhães, ele não possuía o Telegram, apontado pelos investigadores como um dos aplicativos utilizados pelos suspeitos para se comunicar, e os únicos grupos de Whattsapp sobre o islã eram aqueles nos quais ele praticava aulas da língua árabe.

A investigação teve como base o Paraná porque, segundo Alexandre de Moraes, o principal líder seria residente na capital paranaense. A informação do ministro foi contestada pelo juiz do caso. Foram cumpridos mandados em São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Amazonas. Os detidos participavam de um grupo virtual chamado Defensores da Sharia. Uma ONG que atua na área humanitária e educacional também está sob investigação.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso