X
X

Diário da Região

07/08/2016 - 00h00min

FUTEBOL MASCULINO

Seleção precisa vencer e convencer contra o Iraque

FUTEBOL MASCULINO

Vencer e convencer. A surrada expressão, chavão no futebol, se encaixa perfeitamente às necessidades da seleção olímpica de futebol masculino no jogo deste domingo, 7, contra o Iraque, pela segunda rodada do Grupo A. O empate na estreia com a África do Sul aumenta a pressão sobre o time no jogo marcado para as 22 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Vencer é obrigação para não colocar em risco a classificação às quartas de final - um novo tropeço e o último jogo pelo Grupo A, contra a Dinamarca, poderá se tornar dramático. Convencer é preciso, uma vez que, depois da decepção da primeira partida, tudo o que se espera de Neymar e cia. é que joguem futebol de qualidade técnica, criativo e competitivo.

O Iraque é o adversário mais fraco da chave, tem na velocidade o único ponto de destaque e parece ter vindo ao Brasil mais para se divertir do que para competir. Na última sexta-feira, por exemplo, a delegação viajou de Brasília ao Rio de Janeiro para participar da cerimônia de abertura da Olimpíada e retornou neste sábado.

O técnico Rogério Micale não vai mexer no time e manterá a proposta de jogo que pede marcação sob pressão na saída de bola do adversário, toque de bola, movimentação constante e triangulações. “Há um conceito de jogo estabelecido e não será em razão de um empate que vamos mudar tudo o que trabalhamos”, justificou.

No entanto, a partida pode ser decisiva também para Gabriel Jesus. Mais novo jogador da equipe olímpica, o atacante de 19 anos não jogou bem no amistoso contra o Japão e também contra a África do Sul. Pior: abateu-se muito pelo gol perdido sem goleiro, quando acertou a trave na partida contra os sul-africanos.

Rogério Micale e os companheiros optaram por ‘abraçá-lo’ para que recupere a confiança, mas caso venha a ter nova atuação apagada neste domingo, poderá perder a posição para Luan.

De Neymar, a estrela do time, o treinador espera que evolua em relação à estreia. Apesar de ter definido o empate na estreia como ‘derrota’, Neymar não vê motivo para preocupação excessiva. “Vamos manter a calma e ajeitar as coisas o mais rapidamente possível”, afirmou na última quinta-feira.

Ficha técnica:

Brasil

Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Thiago Maia, Renato Augusto e Felipe Anderson; Gabriel Jesus, Gabriel Barbosa e Neymar. Técnico: Rogério Micale.

Iraque

Hameed; Ahmed, Nadhim, Ismail e Adnan; Abdulameer, Tariq, Mahdi Kamil e Attwan; Abdulraheem e Kareem. Técnico: Abdulghani Algazali.

Árbitro: Cesar Ramos (México). Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília, neste domingo, 7, às 22h, com transmissão ao vivo pela Globo, Band, SporTV 2, ESPN Internacional e Fox Sports.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso