X
X

Diário da Região

30/09/2015 - 22h31min

São Paulo

Odebrecht encerra atividades no Itaquerão e preocupa dirigentes do Corinthians

São Paulo

A Odebrecht anunciou nesta quarta-feira que não vai mais fazer qualquer atividade no Itaquerão. A empresa pegou os dirigentes do clube de surpresa, até porque ainda existem muitas coisas que precisam ser feitas no estádio. A reportagem esteve no local e não observou qualquer atividade ou operários trabalhando. "A Construtora Norberto Odebrecht desmobilizou o seu efetivo na Arena Corinthians Itaquerão e permanece no local apenas uma pequena equipe de empresas especializadas", avisou. Em nota, a construtora oficializou sua saída. "A Construtora Norberto Odebrecht (CNO) esclarece que concluirá hoje, dia 30 de setembro, as obras de acabamento do Centro de Convenções da Arena Corinthians, finalizando assim os trabalhos que ficaram dentro do valor contratual acordado com o Sport Club Corinthians Paulista, de R$ 985 milhões", registrou a empresa. "O Escopo das obras foi estabelecido de comum acordo com o SCCP ao longo da construção, respeitando os ajustes ou modificações de especificações previstas no contrato e definidas pelo clube como aquelas necessárias para o pleno funcionamento da Arena, cuja aceitação vem sendo comprovada pela torcida e pelos sucessivos recordes de público." Agora, clube e empresa vão discutir nos bastidores o que será feito para que o trabalho seja encerrado. Até no custo das obras que faltam ser feitas há divergências, pois estima-se que sejam necessários algo entre R$ 90 milhões e R$ 200 milhões. Para a Odebrecht, todo dinheiro que foi acordado no valor contratual, de R$ 985 milhões, já foi gasto e por isso mesmo o trabalho está encerrado. Em recente visita da reportagem, pôde-se perceber que muita coisa não foi feita em relação ao projeto original, como o memorial de troféus no prédio oeste, o paisagismo e o projeto visual no entorno do estádio, e até a instalação completa do painel de LED na fachada leste, que não funciona totalmente desde que um guindaste caiu na lateral da arena. Agora, o problema está estabelecido e não se sabe quem vai terminar a tarefa e pagar o restante da conta. Uma coisa é certa: não existe a possibilidade de devolução de dinheiro, pois por contrato a obra precisa ser terminada. O Corinthians conta com um trabalho de acompanhamento do cumprimento do Projeto Arquitetônico, feito pelo escritório CDC Arquitetos. Anibal Coutinho, sócio do escritório, preferiu não comentar o assunto, mas ele foi um dos autores de um relatório de 165 páginas no qual aponta dezenas de itens que não foram entregues. A cúpula do Corinthians tem em mãos esse dossiê e por isso mesmo sabe da gravidade da saída da Odebrecht neste momento. Tanto que o clube divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira. "O Sport Club Corinthians Paulista informa que já possui contrato, desde dezembro de 2011, com as empresas de Arquitetura CDC e DDG, que inclui em seu objeto, o acompanhamento do cumprimento do Projeto Arquitetônico da Arena Corinthians até a entrega e aceitação do CAF (Certificado de Aceitação Final) da obra. O clube, naturalmente, está prestes a contratar empresa(s) especializadas(s) para a verificação do efetivo cumprimento do Contrato de Construção, no que se refere às demais áreas da obra. Não se pode ainda, falar em valores finais, o que seria pura especulação", disse.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso