X

Diário da Região

28/05/2015 - 00h00min

CAV ‘brilhando'

O ‘gigante Robertão’ é o responsável da rouparia

CAV ‘brilhando'

Sergio Isso O mordomo Roberto Prado, o Robertão, cuida com carinho do material do Votuporanguense
O mordomo Roberto Prado, o Robertão, cuida com carinho do material do Votuporanguense

O acesso do Votuporanguense à Série A-2 do Campeonato Paulista não é mérito apenas de jogadores, integrantes da comissão técnica e da direção. Muita gente da equipe de apoio fez sua parte para que a “engrenagem” funcionasse. Entre eles, o destemido mordomo Robertão. O apelido vem pelo nanismo. Roberto Prado, de 48 anos, tem 1,25 metro de estatura, 29 anos de experiência no futebol, com passagens por 27 clubes.

Assim, tem autoridade no assunto e o respeito dos atletas. No vestiário do estádio Plínio Marin, sempre antes dos treinamentos, basta um toque na porta-balcão, aberta estrategicamente do meio para baixo, para ele pegar a cesta de material do atleta que faz a solicitação. “Cheguei no começo deste ano ao Votuporanguense, por indicação do Marcelo (Dias - treinador). Sempre tem os atletas mais chatos, mas aí conto até três e ignoro. Mas brinco muito com a turma que temos mais afinidade”, informou Robertão.

Seu trabalho é juntar a roupa suja, separar as limpas, limpar as chuteiras, tênis, luvas e caneleiras. Serviço minucioso e demorado, mas que ele tira de letra. “Gosto do que faço, é muito serviço, sou sozinho, mas dou conta do recado”, emendou. O trabalho na rouparia começou em 1988, quando ainda era gandula nos jogos do Ituano. Se apegou à função e rodou por São Caetano, Taquaritinga, Jaboticabal, Santo André, Jataiense-GO, nas categorias de base do Goiás, Caxias-RS e Noroeste.

“Estive em Bauru na época boa, do presidente Damião Garcia, quando cheguei o Norusca disputava o Paulistão”, lembrou Robertão, que tem duas filhas na cidade de Bauru. Nos bastidores, ele sempre rouba a cena. É elogiado e claro, “cornetado” pelos jogadores. Mas Robertão faz de tudo para deixar sua sala sempre organizada e, claro, com o material sempre na mão para os atletas. O “gigante da rouparia” já prepara o uniforme para a decisão de domingo, às 10 horas, contra o Taubaté, no Vale do Paraíba. Após ganhar de 3 a 0 no domingo passado, o CAV pode até perder por dois gols de diferença para levantar a taça do A-3.

 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso