Diário da Região

16/02/2003 - 15h40min

Dívida Trabalhista

Justiça penhora renda do jogo América x Timão

Dívida Trabalhista

Arquivo A informação é do advogado Luís Carlos dos Santos (à direita)
A informação é do advogado Luís Carlos dos Santos (à direita)
A renda do jogo entre América e Corinthians foi penhorada pela Justiça Trabalhista em favor do meia Almir, que defendeu o clube rio-pretense no Paulistão do ano passado e não havia recebido os direitos trabalhistas. O valor pretendido pelo oficial de justiça, que esteve hoje pela manhã nas bilheterias do Teixeirão, era de R$ 117,6 mil. A informação é do advogado do jogador Luís Carlos dos Santos, o Brechó. Além disso, segundo a diretoria do América, mais dois oficiais de justiça tentaram penhorar a renda do jogo. A construtora Coplan solicitava R$ 11 mil e Maria Rita de Oliveira da Silva, viúva do bingueiro Salvador Correia da Silva Filho, requeria R$ 50 mil.

As três dívidas foram adquiridas durante a gestão do ex-presidente Pedro Batista. O advogado Brechó diz que na quinta-feira entrou com o pedido da penhora e na sexta-feira foi deferida pelo juiz Júlio César Trevisan Rodrigo, da 1ª vara trabalhista de Rio Preto. “A diretoria atual fez o acordo com o Almir e não cumpriu”, diz Brechó. “Temos outros processos em andamento e estamos abertos para a conversa”, acrescenta. Brechó acredita que a renda não dê para cobrir o valor da penhora. “Pelo menor abate a dívida”, comenta.

O presidente do América, Edmar Gonçalves da Rocha Filho, lamentou a penhora da renda. ”Nós apostávamos no bom público de hoje para garantirmos os salários dos atletas”, diz o dirigente. O tesoureiro do América, João Roberto Saes, diz que apenas amanhã a diretoria irá anunciar o valor da renda e o público pagante. “Estamos ainda levantando o ocorrido e apenas na segunda-feira vamos divulgar os números”, justifica.

Entenda o caso
Conforme o acordo trabalhista feito com o meia Almir, no final de 2002, a diretoria do América se comprometeu a pagar ao jogador R$ 70 mil, em 14 parcelas de R$ 5 mil. Porém, o primeiro pagamento não foi efetuado no dia 30 de janeiro deste ano. Com isso, os advogados do jogador Divar Nogueira Júnior e Luís Carlos dos Santos, o Brechó, entraram com o pedido de penhora da renda do jogo entre América e Corinthians para cobrir a dívida. Almir atualmente está no Coritiba-PR. Na ocasião, o vice-presidente Luís Carlos Augusto justificou que o América não havia recebido as cotas da Federação Paulista de Futebol (FPF). O valor é de R$ 355 mil em quatro parcelas.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso