X
X

Diário da Região

06/09/2015 - 11h01min

São Paulo

Hamilton vence fácil na Itália e dispara na Fórmula 1; Massa é 3ª

São Paulo

O inglês Lewis Hamilton deu um passo decisivo para conquistar o seu terceiro título mundial na Fórmula 1 ao vencer neste domingo o GP da Itália, no circuito de Monza, palco da 12ª das 19 etapas da temporada 2015, além de contar com o abandono do alemão Nico Rosberg, seu companheiro de equipe na Mercedes e principal adversário na luta para ser campeão. Enquanto isso, o brasileiro Felipe Massa voltou ao pódio ao garantir a terceira colocação com a sua Williams. Hamilton foi soberano em todo o fim de semana do GP da Itália, tendo liderado os treinos livres de sexta-feira e assegurado a pole position no último sábado. E, neste domingo, após sustentar a liderança na largada, não foi mais ameaçado, logo abrindo vantagem confortável para os demais concorrentes, sendo o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, quem mais se aproximou, terminando a prova em segundo lugar após ultrapassar o companheiro de equipe Kimi Raikkonen logo na largada, não correndo maiores riscos no restante da prova. Assim, com bastante tranquilidade, Hamilton conquistou a sua terceira vitória em Monza - as outras foram em 2012 e 2014 - e passou a somar 40 triunfos na Fórmula 1, a apenas uma da marca do brasileiro Ayrton Senna. Além disso, ele já venceu sete corridas em 2015. Hamilton agora lidera o Mundial de Pilotos com ainda mais folga, de 53 pontos para Rosberg, que abandonou o GP da Itália por problemas no motor da sua Mercedes, depois de perder várias posições na largada e subir para a terceira posição até o seu abandono. Agora o inglês está com 252 pontos, contra 199 do alemão e os 178 de Vettel. Já Massa fez uma boa corrida em Monza. O brasileiro assumiu o terceiro lugar na largada, mas perdeu uma posição para Rosberg, após o seu pit stop. Depois, porém, retomou a terceira posição com o abandono do alemão e se defendeu bem dos ataques do finlandês Valtteri Bottas, da Williams, para voltar a subir ao pódio em 2015, o que já havia feito no GP da Áustria, em que também foi o terceiro colocado. Com isso, Massa saltou para a quarta posição na classificação no Mundial de Pilotos, com 97 pontos, com cinco a mais do que Raikkonen. Bottas veio logo atrás, em quarto lugar, seguido exatamente de Raikkonen, que fez boa prova de recuperação após ficar com a sua Ferrari parada na largada, caindo para a última posição. Desse modo, ele terminou a prova à frente dos dois carros da Force India, o mexicano Sergio Pérez e o alemão Nico Hulkenberg. Felipe Nasr, o outro brasileiro da Fórmula 1, teve um domingo difícil em Monza, em virtude, principalmente, da necessidade de ir aos boxes logo na primeira volta, após um toque com o venezuelano Pastor Maldonado. Ele, então, terminou o GP da Itália apenas na 14ª colocação. No Mundial de Construtores, a Mercedes continua soberana na liderança, agora com 451 pontos. A Ferrari é a segunda colocada, com 270 pontos, enquanto a Williams ocupa a terceira posição, com 188. A CORRIDA - Segundo colocado no treino de classificação, Raikkonen teve problemas na largada, ficando com o carro parado por alguns instantes, o que o levou a cair para o último lugar e também atrapalhou Rosberg que estava atrás no grid, na quarta posição, sendo ultrapassado pelos dois carros da Williams. Massa se aproveitou da situação e fez boa largada, saltando do quinto para o terceiro lugar, atrás de Hamilton e de Vettel. Nasr, que também teve um bom início, saltando para a oitava posição, teve que ir aos boxes logo na primeira volta, em razão de avarias no seu carro, provocadas por um toque com Maldonado, praticamente arruinando a sua corrida. Líder, Hamilton tratou de abrir vantagem confortável para Vettel logo nas primeiras voltas do GP da Itália, situação que não se modificou após os pit stops dos principais pilotos. As mudanças relevantes que se deram envolveram Rosberg, que saltou para o terceiro lugar, recuperando as posições perdidas para os dois carros da Williams. Além disso, com um ritmo forte após o problema na largada, Raikkonen realizou várias ultrapassagens, logo figurando na sétima posição. Na 50ª volta, em uma das poucas disputas efetivas por posição no GP da Itália, Raikkonen ultrapassou o mexicano Sergio Pérez, da Force India, para assegurar o sétimo lugar. Faltando duas voltas para o encerramento da prova em Monza, Rosberg abandonou a corrida por causa de problemas no motor da sua Mercedes. A situação levou Massa a herdar a terceira colocação do GP da Itália. O problema é que o brasileiro era muito pressionado por Bottas, seu companheiro de equipe na Williams. Mas Massa conseguiu suportar a pressão para garantir o terceiro lugar no GP da Itália, indo ao pódio, assim como Hamilton e Vettel, os dois primeiros colocados. Bottas foi o quarto colocado, à frente de Raikkonen, Pérez e Hulkenberg. Já o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull foi o oitavo colocado, com a zona de pontuação do GP da Itália sendo completada pelo sueco Marcus Ericsson, da Sauber, e por Daniil Kvyat, também da Red Bull. O GP de Cingapura será a próxima prova da temporada 2015 da Fórmula 1 e está marcado para o dia 20 de setembro. Confira a classificação final do GP da Itália: 1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 53 voltas em 1h18min00s688 2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - a 25s0 3) Felipe Massa (BRA/Williams) - a 47s6 4) Valtteri Bottas (FIN/William) - a 47a9 5) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - a 1min08s8 6) Sergio Perez (MEX/Force India) - a 1min12s7 7) Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - a 1 volta 8) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - a 1 volta 9) Marcus Ericsson (SUE/Saube) - a 1 volta 10) Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) - a 1 volta 11) Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) - a 1 volta 12) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - a 1 volta 13) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - a 1 volta 14) Jenson Button (ING/McLaren) - a 1 volta 15) Will Stevens (ING/Marussia) - a 2 voltas 16) Roberto Merhi (ESP/Manor) - a 2 voltas Não completaram: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) Fernando Alonso (ESP/McLaren) Romain Grosjean (FRA/Lotus) Pastor Maldonado (VEN/Lotus)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso