X
X

Diário da Região

01/10/2015 - 15h09min

Rio

Guerrero minimiza discussão em treino do Fla e revela jogar com infiltração

Rio

Depois de um treino quente, marcado por discussão acalorada entre os jogadores no Ninho do Urubu, Paolo Guerrero tratou de minimizar nesta quinta-feira qualquer atrito dentro do elenco do Flamengo. Para o atacante, a discussão fez parte dos ajustes do time durante o coletivo comandado por Oswaldo de Oliveira. "Foram só as cobranças que a gente tem. Mas é normal. Estamos falando um pouco mais entre nós e é isso que a gente precisava. Falando de quando temos que avançar, recuar, de quando temos que ter a posse de bola. Não teve nenhuma briga. Os zagueiros estão falando de quando a gente tem que sair e isso é bom. Estamos nos entrosando e vamos melhorando a cada dia", disse Guerrero. A discussão teve início quando a defesa começou a cobrar melhor posicionamento do meio-campo no coletivo. O zagueiro César Martins elevou o tom das reclamações e o atacante Paulinho não aprovou a atitude do companheiro de time. Alan Patrick, Everton, Márcio Araújo e Samir também entraram na discussão, mas Emerson e o treinador apaziguaram a situação. Guerrero aproveitou a entrevista para explicar sua condição física. Muito criticado pela torcida nas últimas rodadas, o atacante revelou que vem jogando com a ajuda de infiltração. Ele atuou nas últimas duas partidas do Flamengo antes de ser desfalque em seis jogos seguidos em razão de uma lesão no tornozelo direito. "Tive uma lesão muito forte e fiquei três semanas parado, agora estou voltando. Ainda tenho um pouco de dor, o que me impede de fazer alguns movimentos. Mas os médicos dizem que isso vai passando conforme vou jogando. Ontem quarta tomei infiltração para ver se melhora, hoje melhorou muito", revelou o peruano. "Quero ajudar o Flamengo e tenho me esforçado por isso. Estou recuperando o ritmo e melhorando fisicamente. Que essa dor no pé passe logo", declarou o atacante, antes de rebater as críticas pelo jejum de gols. "A torcida quer a vitória e não o gol do Guerrero. Estou fazendo meu trabalho. Peço calma, pois temos um bom elenco. A cobrança é para todos nós e é para o Flamengo. Queremos entrar no G4 e vamos atrás desse objetivo", disse Guerrero. O desempenho do atacante vêm preocupando a torcida por causa da expectativa gerada com seu grande início no time carioca. Nas últimas semanas, contudo, seu rendimento baixou. Ele anotou apenas um gol nos últimos nove jogos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso