X
X

Diário da Região

26/08/2015 - 21h37min

São Paulo

Figueirense marca no fim e elimina campeão Atlético-MG na Copa do Brasil

São Paulo

Debaixo de chuva constante no estádio Orlando Scarpelli, o Figueirense voltou a surpreender na Copa do Brasil na noite desta quarta-feira. Após despachar o Botafogo na fase anterior, o time catarinense avançou às quartas de final ao eliminar o atual campeão Atlético Mineiro, pelo placar de 2 a 1, de virada, com gol decisivo aos 44 minutos do segundo tempo. Leandro Silva e Marcão, pelo time catarinense, e Edcarlos, pelo Atlético, marcaram os gols da partida, todos de cabeça. O zagueiro atleticano, curiosamente, entrou em campo pouco antes de balançar as redes. Ele reforçou a defesa depois da expulsão de Leonardo Silva. O zagueiro, último homem da defesa mineira, levou o vermelho direto ao fazer falta em Clayton, ainda aos 34 minutos do primeiro tempo. Com o triunfo, o Figueirense encerrou o confronto com o placar agregado de 3 a 2, em razão do empate em 1 a 1 no jogo de ida. A partida no Independência também foi definida com gol no fim, do próprio Leonardo Silva, de cabeça, nos acréscimos. Nesta quarta, o time catarinense deu o troco ao também definir a partida nos instantes finais. O JOGO - Depois de empatar com o Atlético no Independência, o Figueirense entrou em campo nesta quarta com a vantagem de jogar por um empate sem gols para avançar na Copa do Brasil. Apesar da ligeira vantagem, o time catarinense partiu para o ataque nos primeiros minutos e quase saiu na frente aos 7 da etapa inicial. A jogada teve início em levantamento na área. A bola sobrou para Bruno Alves, sem marcação, na segunda trave. Ele encheu o pé quase na pequena área e viu o goleiro Victor fazer grande defesa. Foi a melhor oportunidade dos donos da casa no primeiro tempo. Daí em diante, Figueirense e Atlético retomaram de onde pararam no jogo da semana passada. O time mineiro assumia a iniciativa no ataque, apostando nos cruzamentos, enquanto a equipe catarinense se resguardava na defesa, à espera do momento mais adequado para dar o bote no ataque. Para sustentar tal estratégia, o time da casa contou com o retorno de Alex Muralha, grande destaque do jogo de ida. Assim como no Independência, o goleiro fez a diferença, a começar por espalmada decisiva em chute de Luan, aos 17. Sem o mesmo volume de jogo da semana passada, o Atlético não impunha a mesma pressão, principalmente porque Lucas Pratto era bem marcado pela direita. Em uma de suas poucas investidas no ataque, o Figueirense ficou em vantagem numérica a partir dos 34, quando Leonardo Silva fez falta em Clayton, que disparava em direção ao gol. Levou o cartão vermelho direto. Preocupado, Levir Culpi trocou Patric por Edcarlos. E o zagueiro fez a diferença cinco minutos após entrar em campo. Aos 43, ele completou cruzamento na área de cabeça, especialidade do expulso Leonardo Silva, para deixar o Atlético em vantagem no placar. Com vantagem no placar, mas apenas 10 jogadores em campo, o Atlético inverteu o papel com o Figueirense no segundo tempo. Agora recuado, apostava nos contra-ataques. O time anfitrião, na etapa final, buscava a pressão, com a mesma estratégia do rival no primeiro tempo: cruzamentos na área. Mas a bola aérea assustava pouco a defesa atleticana. O Figueirense ameaçava mais em insistentes bate-rebates dentro da área. Em um deles, Clayton cortou Edcarlos quase na pequena área e bateu rasteiro. A bola passou rente à trave direita de Victor, aos 6. Aos 17, João Vitor levou perigo em belo chute de fora da área. E, como aconteceu no primeiro tempo, os levantamentos na área deram resultado na etapa final, mas em favor do time da casa. Aos 26 minutos, Leandro Silva, bem colocado no meio da área, escorou de leve e mandou para as redes. O placar, o mesmo do jogo de ida, levava o duelo para as penalidades. O gol não assustou o Atlético, que seguia investindo nos contra-ataques, longe de repetir os lances perigosos do primeiro tempo. Acuado, o atual campeão se defendia como podia nas insistentes bolas aéreas do Figueirense, à espera das cobranças de pênaltis. Mas o time da casa não estava satisfeito com o empate. Seguia pressionando e só precisou de mais uma cobrança de escanteio, aos 44, para virar o placar. Marcão subiu mais que a zaga e escorou de cabeça, definido a classificação dos anfitriões e a eliminação do time mineiro. Curiosamente, Marcão já havia brilhado ao marcar o gol decisivo, de letra, no triunfo sobre o Botafogo, também nos acréscimos, na fase anterior. Agora, o Figueirense aguarda o sorteio das quartas de final, na próxima segunda-feira, para conhecer seu futuro adversário na Copa do Brasil. O time catarinense tem como melhor resultado na competição o vice-campeonato de 2007. FICHA TÉCNICA: FIGUEIRENSE 2 x 1 ATLÉTICO-MG FIGUEIRENSE - Alex Muralha; Leandro Silva, Saimon, Bruno Alves, Marcos Pedroso; Fabinho (Yago), Dener, João Vitor, Rafael Bastos (Marcão); Clayton e Thiago Santana (Alemão). Técnico: René Simões. ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca (Dátolo) e Giovanni Augusto (Eduardo); Luan, Patric (Edcarlos) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi. GOLS - Edcarlos, aos 43 minutos do primeiro tempo. Leandro Silva, aos 26, e Marcão, aos 44 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Luan, Fabinho, Leandro Silva. CARTÃO VERMELHO - Leonardo Silva. ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP). RENDA - R$ 118.240,00. PÚBLICO - 7.310 pagantes (7.415 no total). LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso