X
X

Diário da Região

24/07/2017 - 20h44min

Rio

Festejado em aeroporto, Anderson Martins é apresentado e comemora volta ao Vasco

Rio

Oficializado na semana passada como novo reforço do Vasco, Anderson Martins foi recebido com festa em seu desembarque no aeroporto Santos Dumont, no Rio, nesta segunda-feira, onde chegou a ouvir gritos de "melhor zagueiro do Brasil" por parte dos torcedores. Poucas horas depois, o defensor foi oficialmente apresentado como novo jogador do clube e comemorou o seu retornou ao time, pelo qual foi campeão da Copa do Brasil em 2011. Apesar daquela conquista de seis anos atrás, comemorada de forma efusiva pelos torcedores vascaínos, com direito a um desfile em carro aberto dos jogadores pelas ruas do Rio naquela ocasião, Anderson Martins admitiu surpresa com a recepção calorosa desta segunda-feira. "Eu não tinha noção dessa identificação com a minha pessoa quando eu saí. Foi uma surpresa muito agradável. A gente fica até emocionado por esse carinho. Confesso que não tinha uma emoção dessa há muito tempo, devido ao tempo que fiquei fora. Lá no Catar não tem essa calor, essa ligação do time com a torcida como é aqui", afirmou o jogador, que completará 30 anos no próximo mês e vinha defendendo o Umm Salal, time catariano. O zagueiro assinou um contrato longo, para defender o Vasco até junho de 2022, e agora projeta uma nova passagem de sucesso pelo clube. "Espero retribuir todo esse carinho. Esse é o maior desejo. Me esforçar e se entregar ao máximo para retribuir", completou Anderson Martins, que ainda não sabe, porém, quando poderá começar a defender o time vascaíno novamente, pois está sem atuar desde maio e ainda precisa readquirir a melhor condição física para ficar à disposição do técnico Milton Mendes. Ao comentar o fato, o presidente Eurico Miranda, que apresentou o jogador como reforço nesta segunda, ressaltou que o clube seguirá apostando nos atletas de suas categorias de base que estão ocupando as vagas abertas no setor defensivo após as saídas mais recentes do experiente Rodrigo para a Ponte Preta e de Luan para o Palmeiras. Mais do que isso, o dirigente exaltou o trabalho que vem sendo realizado na formação de novos atletas como um trunfo para a continuidade da temporada. "Eu estou vendo muitas opiniões a respeito dos meninos que vieram da base. Estão dizendo que é por necessidade, mas nada acontece por acaso. Preciso dizer que tudo isso é fruto de um trabalho muito forte, em todos os sentidos. Quando retornei ao clube (para o início desta gestão atual como presidente), a base estava com oito meses de ajuda de custo atrasada, comendo, quando comiam, pão com salsicha. O quadro encontrado era de uma base arrasada, destruída. O momento atual é fruto de um trabalho forte. Tem que parabenizar todos que participaram desse processo de recuperação. Hoje temos pelo menos nove jogadores com possibilidades de brigar por posição no profissional. Não é por necessidade, é a visão do treinador, que tem apoio integral nosso nas suas decisões", ressaltou o dirigente. Já ao falar especificamente sobre Anderson Martins, Eurico destacou que o zagueiro dispensa apresentação de suas qualidades pelo que já mostrou em campo e comemorou o fato de que conseguiu cumprir uma espécie de "promessa" que fez anteriormente ao prever que o atleta só atuaria com a camisa vascaína se retornasse ao futebol brasileiro. "Não vou fazer comentários nem dizer quem é o Anderson. Ele era um anseio da maioria dos torcedores do Vasco e nós estávamos já há algum tempo tentando concretizar (a contratação). Foi uma novela que teve um final feliz, mas confirmou aquilo que a gente pôde dizer algum tempo atrás. Eu tinha afirmado que, se o Anderson voltasse ao Brasil, que era a grande dificuldade, ele voltaria para o Vasco. Hoje estamos fazendo essa apresentação oficial. Apesar de ele já ter a envergado com muita qualidade para o Vasco, eu vou passar essa camisa para ele", afirmou Eurico durante a apresentação do reforço. CBF CONFIRMA LOCAL DE JOGO - Por meio de nota publicada em seu site, a CBF oficializou nesta segunda-feira que o jogo que o Vasco fará contra o Cruzeiro, no dia 3 de agosto, às 20 horas, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, será realizado no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O Vasco segue cumprindo a punição de perda de mandos de campo aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa das grandes confusões ocorridas em São Januário durante o clássico que o time fez contra o Flamengo neste Brasileirão. Também atuando como mandante na 17ª rodada, na próxima segunda-feira, a equipe vascaíno irá encarar o Atlético-PR justamente no Raulino de Oliveira.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso