X
X

Diário da Região

18/02/2015 - 14h02min

Madri

Fabio Capello defende Arrigo Sacchi após declarações: 'Não foi racista'

Madri


Em meio à polêmica por conta de suas críticas à presença de "muitos jogadores de cor" no futebol de base da Itália, o técnico vice-campeão do mundo em 1994 com a seleção do país, Arrigo Sacchi, ganhou um aliado. O também treinador italiano Fabio Capello defendeu o colega e descartou que Sacchi tenha sido racista em seus comentários.

"O Sacchi não se referiu à cor da pele. Não foi racista. É só que precisamos nas categorias de base de mais jogadores italianos, uma identidade italiana. Temos negros que são italianos, mas ele estava se referindo aos times de base que têm oito ou nove estrangeiros", declarou Capello em entrevista à Rádio espanhola Onda Cero.

Capello tem relação antiga com Sacchi, a quem considera seu mentor por terem trabalhado juntos no Milan no fim dos anos 80. O próprio Capello viria a substituir Sacchi no clube no início dos anos 90, quando ele foi para a seleção italiana, e desde então criou-se um clima de rivalidade entre eles.

Arrigo Sacchi deu a polêmica declaração na última segunda-feira. Ao ser perguntado sobre qual fator estaria prejudicando o desempenho dos clubes grandes da Itália e da seleção do país, ele disparou: "Eu certamente não sou racista e minha trajetória como treinador comprova isso, a começar por Franck Rijkaard (jogador negro que comandou no Milan), mas ao assistir o torneio de Viareggio, digo que há muitos jogadores de cor, até nas equipes de base".

Além de apoiar o ex-treinador de 68 anos, Capello também se envolveu em uma polêmica ao dar opinião sobre outro assunto. Ao ser perguntado sobre o estilo de jogo do Atlético de Madrid, considerado violento por muitos, o italiano deu uma declaração que gerou revolta nas redes sociais por ser considerada homofóbica.

"O Atlético não é um time violento. O futebol não é para mariquinhas", disse. "O Atlético é sobre sofrimento, jogar e vencer como um time. Essa história de ser um time violento não faz sentido. Um time violento é aquele que corta sua perna fora assim que você vai a campo. Futebol é físico, sempre foi."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso