X
X

Diário da Região

14/12/2015 - 12h46min

Rio

Ex-jogadores fazem convocação para manifestação em frente à CBF

Rio

O momento conturbado pela qual passa a CBF - que teve sua eleição para um dos cargos de vice-presidente suspensa liminarmente pela Justiça do Rio de Janeiro - começa a mobilizar ex-atletas, treinadores e artistas. Nesta segunda-feira, surgiu nas redes sociais o movimento #OcupaCBF, que está convocando para um ato em frente à sede da entidade, na Barra da Tijuca, para esta terça-feira. A página do movimento no Facebook informa que Alex Souza, Raí, Paulo André, Djalminha, Paulo Autuori, Paulo César Caju, Simoninha e Afonsinho subscrevem o movimento. Foi lançado também um site - www.ocupacbf.com -, que compila notícias envolvendo a CBF e convoca para o ato desta terça. A manifestação em frente à sede da entidade está sendo convocada para às 15 horas. A CBF vive uma de suas piores crises da história nestes últimos meses, com três dos seus principais dirigentes envolvidos em suspeitas de corrupção. Marco Polo Del Nero, presidente licenciado, e os ex-presidentes José Maria Marin e Ricardo Teixeira foram indiciados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Marin foi um dos cartolas da Fifa detidos em Zurique no dia 27 de maio, às vésperas das eleições da entidade. Extraditado aos EUA, corre risco de ser preso novamente, desta vez em Nova York porque as autoridades locais rejeitaram a carta de crédito que apresentou como pagamento de fiança para ficar fora da prisão em solo norte-americano. Del Nero e Teixeira tiveram o indiciamento confirmado nas últimas semanas. Del Nero, que vinha evitando viagens ao exterior nos últimos meses, pediu licença da CBF para poder se dedicar com mais atenção a sua defesa. Todos são suspeitos de receber propina na negociação de contratos de transmissão de competições organizadas pela CBF e Conmebol. Com a licença de Del Nero, Marcus Vicente assumiu interinamente a presidência, por ser um dos vices da CBF. E, com o afastamento de Marin, a entidade decidiu realizar eleição para ocupar o cargo de vice que Marin ainda detinha na instituição. A eleição seria realizada nesta quarta-feira, dia 16, mas uma decisão liminar da Justiça barrou o pleito, a pedido do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto Filho, outro vice da CBF. O pleito contava com apenas um candidato, o coronel Antônio Carlos Nunes. Para Delfim Peixoto, a eleição seria uma manobra do presidente licenciado Del Nero para tentar eleger Nunes como vice-presidente. Nunes é mais velho que Delfim e, portanto, assumiria a presidência quando encerrasse o mandato interino de Marcus Vicente. Delfim, que é desafeto de Del Nero, seria o substituto natural no cargo principal por ser atualmente o vice mais velho da diretoria.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso